Vítima de desabamento em Curicica pediu socorro pelo celular; ouça

Raiane Silva Martins ficou soterrada com o filho após desabamento

Por RAFAEL NASCIMENTO

Raiane Silva Martins, de 21 anos, se preparava para levar o filho para a creche quando o imóvel desabou
Raiane Silva Martins, de 21 anos, se preparava para levar o filho para a creche quando o imóvel desabou -
Rio - Raiane Silva Martins, vítima do desabamento de uma casa em Curicica, nesta segunda-feira, pediu socorro para a mãe através de mensagem de áudio do celular após ser soterrada. O desabamento aconteceu por volta das 6h30 desta segunda-feira, deixando Raiane e o filho, de três anos, soterrados por cerca de quatro horas. Ela foi resgatada com vida por bombeiros às 10h30 e o filho 30 minutos depois.
 
"Tá doendo. Gente, pelo amor de Deus, a minha casa caiu em cima de mim e meu filho está gritando. Alguém manda uma ambulância pra Vila Aurora, casa 53, perto da Vila Sapê, por favor", diz a jovem no áudio. 
Segundo relatos, a casa ruiu no momento em que o pai de Raiane se preparava para levar o pequeno Nicolas para creche, por volta das 6h30. No momento do desabamento, cinco pessoas estavam no imóvel, no entanto, apenas três conseguiram sair sem ajuda dos Bombeiros. Mãe e filho estavam dentro do quarto, no segundo piso da casa.
Em nota, a subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, informou que equipes interditaram cinco imóveis no local onde uma casa desabou parcialmente, na Vila Sapê nesta segunda-feira.
"A edificação que desmoronou passou por vistorias, assim como outras quatro casas que ficam no entorno. O caso foi encaminhado para a Secretaria de Conservação, para posterior demolição. Os imóveis que estão nas laterais também foram isolados preventivamente. Ao todo, 10 pessoas da Defesa Civil atuam na região", disse a pasta, em nota. 
Bombeiros isolaram o local e realizaram os resgates - Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Galeria de Fotos

Raiane Silva Martins, de 21 anos, se preparava para levar o filho para a creche quando o imóvel desabou Reprodução / Internet
Bombeiros isolaram o local e realizaram os resgates Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Comentários