Mulher com esquizofrenia desaparece na Zona Oeste

Rosana Rangel Pereira, de 51 anos, está desaparecida desde a manhã de ontem. Ela estava indo com seu filho para uma consulta no Caps Neusa Santos Souza, em Senador Camará

Por O Dia

Rosana Rangel Pereira
Rosana Rangel Pereira -
Rio - Moradora de Bangu, Rosana Rangel Pereira, de 51 anos, está desaparecida desde a manhã de ontem. Portadora de esquizofrenia paranoide, ela estava indo com seu filho, Pablo, para uma consulta no Caps Neusa Santos Souza, às 8h, em Senador Camará. O rapaz voltou em casa para pegar o Riocard e pediu para a mãe esperar no ponto de ônibus mas, quando voltou, ela tinha desaparecido.

A família fez buscas pela região, mas não conseguiu localizá-la. Procurou nos coletivos da linha 803 sentido Senador Camará, condução que poderia ter pego para o hospital, mas não conseguiu encontrar. O desaparecimento foi registrado na delegacia e uma campanha iniciada nas redes sociais.
Uma jovem diz ter identificado Rosana pegando condução para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. Outra moradora da região avistou Rosana sentada em um bar próximo à sua casa, em Bangu, até que ela ficou muito agitada e saiu correndo. Pablo ainda não conseguiu encontrar a mãe. Qualquer informação deve ser enviada ao Disque-Denúncia: 2253-1177.

Comentários