Moradores atravessam ônibus no meio das principais vias da Cidade de Deus

Protesto aconteceu em represália à derrubada de moradias por blindados do Bope durante uma operação na comunidade

Por O Dia

Moradores reclamam de operações frequentes
Moradores reclamam de operações frequentes -
Rio - Moradores da Cidade de Deus fizeram uma manifestação, na manhã desta terça-feira, interditando por cerca de 1h30 a Rua Edgard Werneck e a Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moradores, duas das principais vias que cortam a comunidade da Zona Oeste do Rio.
O protesto aconteceu durante uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e chegou até os acessos da Linha Amarela na região.
Os moradores dizem que blindados da Polícia Militar derrubaram moradias durante a entrada do Bope em vielas da comunidade; confira alguns desses momentos!
Em represália à atitude dos agentes, os manifestantes chegaram a obrigar passageiros a descerem de vários ônibus que trafegavam pela comunidade e obrigaram os motoristas a cruzarem eles no meio das pistas. Além disso, eles colocaram lixo no meio das ruas e atearam fogo.
Por causa dos bloqueios, as principais vias do entorno ficaram com trânsito intenso, como a Estrada dos Bandeirantes, a Estrada do Gabinal, a Avenida Tenente Coronel Muniz de Aragão e a Avenida Ayrton Senna. As interdições acabaram por volta das 9h30.

Galeria de Fotos

A operação na Cidade de Deus foi feita pelo Bope Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Interdições aconteceram nas principais vias da região Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Moradores reclamam de operações frequentes Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Policiais do batalhão de Jacarepaguá acompanharam a manifestação Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Manifestação aconteceu na manhã desta terça Reprodução / Internet
Manifestação aconteceu na manhã desta terça Reprodução / OTT-RJ
Manifestação aconteceu na manhã desta terça Reprodução / Internet
Manifestação aconteceu na manhã desta terça Reprodução / Internet
Manifestação aconteceu na manhã desta terça Reprodução / Internet
Uma mulher chegou a passar mal no meio da confusão Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Moradores reclamaram de operações frequentes na comunidade Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Ônibus foram atravessados nas principais vias da comunidade Reprodução / Internet
Passageiros foram obrigados a descer de ônibus Reprodução / Internet
Até um caminhão da Comlurb foi atravessado na pista Reprodução / Internet
A Polícia Militar informou que equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e do 18º BPM (Jacarepaguá) fizeram um "cinturão tático" para acabar com a manifestação que tentou "impedir a operação do Bope na comunidade".
"Na localidade conhecida como Rocinha 2, o veículo blindado de transporte de tropa ficou preso em fios elétricos. Dois policiais desembarcaram para retirar os fios com segurança, porém ao sair daquele local, o blindado chocou-se com algumas moradias. A Polícia Militar esclarece que entrará em contato com os moradores e irá ressarcir os danos provocados pela passagem do blindado", a PM disse, em nota
Veja um um dos bloqueios montados pelos moradores!
Também nesta manhã, um homem de 45 anos foi morto com um tiro na cabeça enquanto trabalhava como pedreiro em cima de uma laje na Vila Kennedy, Zona Oeste. Vizinhos e amigos fizeram uma transmissão pelas redes sociais indignados com a morte.
Momentos depois, moradores da comunidade interditaram a Avenida Brasil na região e incendiaram pneus e um ônibus em protesto contra a morte.

Comentários