Reprodução simulada da morte do pastor Anderson do Carmo será no dia 21

Polícia intimou filhos da deputada Flordelis na residência do casal e no Ministério Flordelis nesta terça para participar da simulação do crime. Parlamentar deve ser notificada na sexta

Por MARIA INEZ MAGALHÃES

Policiais estiveram no Ministério Flordelis e na residência da deputada nesta terça-feira
Policiais estiveram no Ministério Flordelis e na residência da deputada nesta terça-feira -
Rio -A Polícia Civil marcou para dia 21 de setembro, às 21h, a reprodução simulada do assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD). A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo intimou, nesta terça-feira, quatro filhos na residência do casal, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, para participar da simulação: Carlos, Cristian, Gabriela e Annabel. Na igreja evangélica da família, o Ministério Flordelis, no mesmo município, foram intimados o filho André e os netos Rafaela e Ramon.

Outros membros da família ainda serão intimados quando retornarem de Brasília, incluindo a parlamentar, os filhos Adriano e Isabel e a nora Marcelle. A expectativa é de que todos cheguem ao Rio na próxima sexta-feira. A deputada não foi intimada nesta terça-feira porque estava fora do Rio.

Duas horas antes da reprodução simulada do crime, no mesmo dia 21, às 19h, há uma vigília agendada no Ministério Flordelis com a participação da deputada federal e outros pastores.

Comentários