Delegado ouve eletricistas do Hospital Badim e perícia segue neste sábado

Polícia Civil investiga possíveis causas do incêndio. Até o momento, 11 pessoas morreram na tragédia

Por MARIA LUISA MELO

Incêndio destruiu parte do Hospital Badim, que foi interditado
Incêndio destruiu parte do Hospital Badim, que foi interditado -
Rio - Depois de 11 pacientes morrerem em decorrência de um incêndio no Hospital Dr. Badim, no Maracanã, Zona Norte do Rio, na ultima quinta-feira, a Polícia Civil investiga quais as causas do episódio. Nesta sexta-feira, dois eletricistas da unidade foram ouvidos.
Delegado titular da 18ª DP (Praça da Bandeira), Roberto Ramos explica que o laudo pericial será fundamental para elucidar o caso. "A perícia vai continuar neste sábado. Não foi concluída hoje porque tinha muita água no subsolo. Além disso, a fumaça também estava atrapalhando o trabalho pericial", disse.
"Sabemos que houve incêndio no gerador. Mas agora precisamos saber onde, de fato, o fogo começou".
Outros dois funcionários, os primeiros a ajudar a debelar as chamas, serão ouvidos na próxima segunda-feira.
Seis peritos deixaram o local do incêndio e voltarão amanhã, as 8h.

Comentários