Santa Rita, em Nova Iguaçu: Um canto esquecido

Na localidade conhecida como Cantão, ruas sequer têm asfalto

Por Aline Cavalcante

Rua Luiz Reis: metade da via é coberta por paralelepípedo, e outra não tem asfalto
Rua Luiz Reis: metade da via é coberta por paralelepípedo, e outra não tem asfalto -

Rio - Ruas sem asfalto ainda são uma realidade muito presente para quem vive nos bairros mais afastados do Centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O cenário, para quem passa e vive no local, é de total abandono. A rotina dos moradores na localidade conhecida como Cantão, em Santa Rita, é de lama e muita poeira.

Na Rua Luiz Reis, metade é de paralelepípedo em situação precária e a outra sequer tem asfalto. "É uma vergonha, há anos o bairro está assim e nada é feito", lamenta Anderson Machado, 48.

Na Rua Barbosa, nem o caminhão de lixo pode transitar na via. De tantos buracos e depois de alguns acidentes, alguns tiveram que ser sinalizados com pedaços de madeira pelos próprios moradores.

"Com a rua neste estado, o caminhão do lixo não entra, não tem como. Já passei pelo local um dia e tinha um veículo da coleta caído em um desses buracos. Os moradores como sempre saem na pior e ninguém toma providências", relata a dona de casa Leidineia Machado, de 49 anos.

Na Rua Oswaldo Teixeira a rotina é intercalada entre a lama e a poeira. O mesmo dilema acontece na Rua Carlos Gomes. "Se chove tem lama e muito barro, se está sol é sofrimento com a poeira. Quem não quer se sujar em dias de chuva tem que colocar sacolas nos pés. Para se proteger da poeira, portas e janelas tem que ficar sempre fechadas", diz Arlene Souza, de 58 anos.

A Rua Dirce Dutra está toda esburacada, tornando difícil transitar no local. "Muitos ruas não têm asfalto e as que têm está toda cheia de buracos. Parece até que o bairro não faz parte de Nova Iguaçu, porque tá difícil a prefeitura chegar aqui", reclama Guilherme Lourenço.

Em resposta às reclamações dos moradores, a Prefeitura de Nova Iguaçu disse que a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Semif) tem ciência dos problemas enfrentados nas ruas citadas, mas não deu um prazo para que a situação seja resolvida. A Prefeitura afirmou apenas que devido à crise financeira que o município enfrenta vem buscando recursos com o Governo Federal para realizar as obras.

Pedido foi atendido após reportagem

Há quase dois meses, 'O Dia no Seu Bairro' esteve em Anchieta ouvindo moradores da Avenida Nazaré, que tinham dificuldade para atravessar a via, pois faltava um sinal de trânsito no local. Após a publicação da reportagem, a CET-Rio esteve no local e atendeu ao pedido feito à época. O semáforo foi instalado e já está funcionando. "Depois de dois anos lutando por isso é uma vitória poder ver acontecer. Estamos muito agradecidos", diz a assistente social Marta Barbosa, de 50 anos.

Galeria de Fotos

Rua Luiz Reis: metade da via é coberta por paralelepípedo, e outra não tem asfalto Aline Cavalcante
Carlos Gomes Aline Cavalcante
Na Rua Oswaldo Teixeira, via de terra vira lama quando chove Aline Cavalcante
Buraco na Rua Barbosa sinalizado com paus fotos de Aline Cavalcante
Guilherme Aline Cavalcante
Guilherme Lourenço reclama dos buracos na Rua Dirce Dutra: "Está difícil a prefeitura chegar aqui" Aline Cavalcante

Comentários