Crianças se protegem de tiroteio dentro de creche em Acari

PM fez operação na comunidade nesta sexta-feira

Por O Dia

Secretaria de Educação: creche adotou protocolo correto
Secretaria de Educação: creche adotou protocolo correto -
Rio - Um tiroteio assustou moradores da Favela de Acari, na Zona Norte do Rio, nesta sexta-feira. Nas redes sociais, o Coletivo Fala Akari publicou uma foto de crianças deitadas no chão da creche municipal Yedda Marques para se protegerem dos disparos. Um homem, ainda não identificado, morreu na comunidade. 
De acordo com a Polícia Militar, o 41° BPM (Irajá) atuou na comunidade após receber a denúncia de homens armados na localidade conhecida como Olaria, em Acari. No local, durante vasculhamento, as equipes foram atacadas por disparos de arma de fogo e houve confronto.
Ainda segundo a corporação, após cessarem os tiros, um suspeito foi encontrado ferido e foram apreendidos um fuzil calibre 5,56, uma granada e rádio comunicador. O ferido foi socorrido ao Hospital Municipal Ronaldo Gazolla (Hospital de Acari). A ocorrência foi encaminhada para a 27ª DP (Vicente de Carvalho).
Em um vídeo publicado pela página, uma mulher com um carrinho de bebê aparece tentando se abrigar para se proteger do tiroteio. Em outra imagem, os moradores tentam socorrer uma das pessoas baleadas durante o confronto. 
Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que as escolas adotam o “Acesso Mais Seguro”, em parceria com Cruz Vermelha Internacional. "A escola em Acari seguiu exatamente o que determina o protocolo, que indica que se não houver as condições mínimas de segurança da comunidade escolar, não poderá funcionar. Ressaltamos que como não havia confronto durante a manhã na localidade, a escola funcionou normalmente no primeiro turno", disse a pasta, no texto. 


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários