Pedido de concurso emergencial foi julgado improcedente

Por

Em nota, o Ministério da Saúde informou um número ainda menor de profissionais em atuação na emergência: 42 médicos - 8 pediatras, 16 cirurgiões e 18 médicos ortopedistas e clínicos, que atendem aos fluxos amarelo e vermelho. Segundo a pasta, há vagas abertas no processo seletivo do Contrato Temporário da União, que possibilita a contratação de médicos para o Setor de Emergência do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB).  

O Ministério Público Federal ajuizou Ação Civil Pública (ACP) para garantir a realização de concurso para os hospitais federais. Na ação, houve pedido de tutela de urgência para assegurar quadro suficiente de médicos na emergência do HFB. No entanto, a ACP foi julgada improcedente pela Justiça. Segundo a procuradora Aline Caixeta, um recurso está sendo elaborado.

De acordo com a procuradora foram enviados ofícios à nova direção do HFB e ao Ministério da Saúde solicitando informações sobre as medidas adotadas para garantir a plena abertura da emergência, ainda em prazo de resposta.

"A partir da resposta, será avaliada a necessidade/possibilidade de se instaurar nova investigação", disse a procuradora Aline Caixeta, em resposta enviada por e-mail.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro