Atração turística pode ser luz no fim do túnel para desempregados

Roda gigante Rio Star oferece 80 vagas de emprego. Moradores da Zona Portuária terão prioridade

Por *Rachel Siston

Milhares de pessoas formaram uma fila para conseguir uma das 80 vagas disponíveis
Milhares de pessoas formaram uma fila para conseguir uma das 80 vagas disponíveis -
Rio - A mais nova aposta para alavancar o turismo na Zona Portuária do Rio também pode ser uma esperança para os mais de 1,3 milhão cariocas desempregados. A roda-gigante Rio Star, no Porto Maravilha, abriu 80 vagas de emprego diretos e indiretos e para conseguir um cargo, milhares de pessoas entraram na fila de espera nesta terça-feira. Por volta das 10h, quando a seleção começou, cerca 530 pessoas já aguardavam para se cadastrar. Quem não conseguiu se inscrever hoje, pode tentar uma vaga nesta quarta-feira, entre 10h e 16h. Os moradores da Zona Portuária terão prioridade na escolha dos novos funcionários.
Desempregado há um ano e seis meses, o morador do Morro da Providência, Márcio Santos, de 43 anos, chegou ao local às 19h desta segunda-feira, disposto a conseguir qualquer vaga. "Cheguei às 19h para garantir minha vaga e dormi na fila. Eu tenho esposa e filho e espero voltar para o mercado de trabalho, porque está muito difícil a vida. Escolhi uma vaga para cozinha, mas o que aparecer, eu vou agarrar, preciso trabalhar para sustentar minha família", contou Márcio.
Márcio dormiu na fila de espera e foi o primeiro a se inscrever no processo seletivo - Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

Para participar da seleção basta ir à estação da Gamboa do teleférico da Providência com currículo, carteira de trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. De acordo com a Coordenadora de Recursos Humanos da Personale Consultoria, Priscila Fernandes, não há requisitos específicos para compor o quadro de funcionários. "A princípio, não tem nenhum tipo de requisito eliminatório, estamos tentando identificar as experiências que as pessoas aqui da região portuária têm, para ver como incorporar e acolhê-los na Rio Star", explicou a coordenadora.
Em busca do primeiro e segundo emprego, as amigas Laís Muniz, 21, e Mayara Ferreira Dutra, 22, foram juntas tentar uma vaga. Para Laís, trabalhar em um ponto turístico pode ser uma primeira experiência enriquecedora. "Eu moro bem perto da roda, acompanhei a construção toda. Eu nunca trabalhei, mas quero muito conseguir esse emprego, porque eu preciso e vai vir gente do mundo inteiro, vai ser uma oportunidade de conhecer gente diferente."
Mayara conseguia ajudar com as despesas de casa quando era auxiliar administrativa pelo programa Jovem Aprendiz. Há um ano sem trabalhar, a jovem busca sua independência financeira. "Quando eu era jovem aprendiz, conseguia ajudar minha família com as despesas de casa. Agora que eu fiquei sem emprego, a situação ficou difícil. Quero voltar a trabalhar para poder ajudar os meus pais e ter meu dinheiro, também."
Amigas foram juntas tentar vagas para o primeiro e segundo emprego - Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Estão disponíveis vagas para atendente de cafeteria, lanchonete e loja, auxiliar administrativo, de atendimento bilíngue e cozinha, além de caixa. Mesmo sabendo da prioridade para moradores do entorno, Amanda do Nascimento de França, de 28 anos, veio de Ramos, na Zona Norte, para tentar uma vaga. "Eu vim tentar, eles podem gostar do meu perfil, tenho bastante experiência com atendimento. Eu tenho que correr atrás porque já estou desempregada há dois meses e tenho dois filhos, não posso ficar sem trabalhar", disse Amanda.
Candidata saiu de Ramos, na Zona Norte, para tentar voltar ao mercado de trabalho - Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

A roda-gigante da Zona Portuária vai ser a maior da América Latina e começa a funcionar na primeira quinzena de novembro. Para sua abertura, a empresa só precisa fechar seu quadro de colaboradores e realizar todos os testes de segurança. A atração ficará aberta todos os dias das 10h às 18h, e valor inteiro do ticket é de R$59. Quem comprar o ingresso antecipado, pela internet ou for do Rio, terá valores especiais para o ingresso.
"Em novembro, moradores e turistas terão um novo ícone, algo que as maiores cidades do mundo já tem, uma roda-gigante com praticamente 90 metros de altura. Além de ser uma atração, é uma nova forma de ver o Rio de Janeiro de cima, apreciando as mais belas paisagens. O Porto Maravilha estará mais iluminado em breve, falta pouco", afirmou o diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordin.
*Estagiária sob a supervisão de Maria Inez Magalhães

Galeria de Fotos

Márcio dormiu na fila de espera e foi o primeiro a se inscrever no processo seletivo Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Milhares de pessoas formaram uma fila para conseguir uma das 80 vagas disponíveis Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Candidata saiu de Ramos, na Zona Norte, para tentar voltar ao mercado de trabalho Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Amigas foram juntas tentar vagas para o primeiro e segundo emprego Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

Comentários