Militar do Exército é preso suspeito de assassinato em Mesquita

Ele teria cometido o crime em outubro de 2017

Por O Dia

Suspeito foi preso na tarde desta terça-feira em Mesquita
Suspeito foi preso na tarde desta terça-feira em Mesquita -
Rio - Um militar do Exército, identificado como Ramon Teixeira de Araújo, foi preso nesta terça-feira na região do Banco de Areia, Morro do Sampaio, em Mesquita, suspeito de assassinar Hugo Rafael da Silva Moreira, em outubro de 2017. De acordo com a Polícia Civil, a vítima era motorista de aplicativo. 
Agentes disseram ainda que Hugo foi encontrado na Via Light, na Baixada Fluminense, com ferimentos de arma de fogo e que, na ação, seu carro teria sido roubado. 
Após investigações, a polícia descobriu que além de Ramon, outros quatro suspeitos estão envolvidos no crime porém, até então, só Ramon foi preso. Ele foi encaminhado para a 52ª DP (Nova Iguaçu) e responderá por homicídio. A polícia continua as buscas para encontrar os outros criminosos envolvidos na morte de Hugo.
O DIA procurou o Comando Militar do Leste (CML) mas, até a publicação desta reportagem, a assessoria do órgão não havia respondido.

Comentários