Estilista e amiga são trancadas em casa incendiada por ex; uma delas morre

Rodrigo Marotti, 30 anos, foi preso nesta quarta-feira

Por O Dia

Rodrigo incendiou casa onde estava Alessandra e Daniela, que morreu
Rodrigo incendiou casa onde estava Alessandra e Daniela, que morreu -
Rio - O ex-namorado de uma estilista trancou a mulher e uma amiga dela no banheiro, após atear fogo na casa , na noite desta segunda-feira, no distrito de Mury, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Estado. A amiga, identificada como Daniela Mousinho da Silveira, de 47 anos, teve 90% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos. Ela faleceu na manhã desta quarta-feira. 

Galeria de Fotos

Daniela, de 47 anos, não resistiu e morreu nesta quarta-feira Reprodução/Internet
Rodrigo, Alessandra e Daniela Reprodução
Rodrigo Marotti Reprodução
Daniela Mousinho Reprodução
Alessandra Vaz Reprodução
Alessandra Vaz e Rodrigo Alves Marotti Reprodução
Daniela chegou a ser internada no Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia da Baixada Fluminense Vereador Mechialdes Calazans, em Nilópolis. A estilista está internado em estado grave em um hospital particular em Nova Friburgo. Segundo a unidade de saúde, a vítima está respirando com ajuda de aparelhos.

De acordo com a Polícia Civil, Rodrigo Marotti, de 30 anos, colocou fogo na casa após uma discussão violenta com Alessandra Vaz. Aos investigadores, o empresário contou que tinha uma sociedade com a estilista e que ela não estava cumprindo a sua parte no acordo após o fim do relacionamento. 
Depois de incendiar o imóvel, o suspeito fugiu com o carro da vítima em direção ao distrito de Lumiar, também em Nova Friburgo. Ele acabou se envolvendo em um acidente e buscou ajuda em um posto da Polícia Militar. Os PMs levaram Rodrigo para a delegacia. 
Rodrigo foi preso nesta quarta-feira em uma ação realizada por policiais do 11ºBPM (Nova Friburgo) e da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo. 
Amigos se despedem de Daniela nas redes sociais 
Familiares e amigos usaram as redes sociais para prestar homenagens para Daniela, que foi descrita nas postagens como uma pessoa "alto astral". "Como amei ter oportunidade de conviver com vocês e seus animais que você tanto amava", escreveu uma amiga. "Seu alto astral, sua voz inconfundível, sua alegria e seu sorriso ficam", comentou outro. "Vou sempre lembrar de ti, amiga, com esse sorriso e uma alegria contagiante", disse mais uma.

Comentários