Cabo do Corpo de Bombeiros é morto a tiros dentro de casa em Belford Roxo

Segundo informações, Esdras Jamielson da Silva foi atingido por pelo menos três tiros e teve a sua arma roubada. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) abriu um inquérito para apurar as circunstâncias da morte

Por O Dia

Cabo do Corpo de Bombeiros Esdras Jamielson foi morto a tiros dentro de casa em Belford Roxo
Cabo do Corpo de Bombeiros Esdras Jamielson foi morto a tiros dentro de casa em Belford Roxo -
Rio - Um cabo do Corpo de Bombeiros foi morto a tiros dentro de casa em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na noite desta quinta-feira. Segundo informações, Esdras Jamielson da Silva foi atingido por pelo menos três tiros e teve a sua arma roubada.
O militar chegou a ser socorrido para o Hospital Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias, mas não resistiu e morreu na unidade. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) abriu um inquérito para apurar as circunstâncias da morte. Foi feita perícia no local e equipes da unidade realizam diligências para esclarecer o caso. 
Através das redes sociais, a mulher de Esdras lamentou a morte do marido. "As noites serão mais solitárias e os dias serão como vento que passa sem deixar marca. Vai ser difícil, chorarei as lágrimas mais profundas que existem em mim. Vou pedir força pra Deus, você deixou o melhor de você nessa terra: nossos filhos", desabafou.
Em nota, o Corpo de Bombeiros lamentou a morte informou que a corporação acompanha o caso e apoia a família do militar, que era lotado no Destacamento de Belford Roxo. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro