Polícia prende dois milicianos que agiam em Seropédica

Dupla fazia cobranças indevidas ao comércio local. Noventa e duas pessoas envolvidas com a milícia já foram presas na Baixada este ano

Por RENAN SCHUINDT

Milicianos faziam cobranças a comerciantes de Seropédica
Milicianos faziam cobranças a comerciantes de Seropédica -
Dois milicianos foram presos na manhã deste sábado (12), em Seropédica, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, Alan Dionathan Barbosa Silva e Thiago Andrade da Silva faziam cobranças indevidas a comerciantes do município. A dupla vinha sendo monitorada por agentes da 48ª DP (Seropédica) e foi presa em flagrante. Com eles os policiais encontraram um quantidade de dinheiro, não divulgada, que havia sido recolhida momentos antes junto ao comércio local. Somente este ano, 92 milicianos foram presos na Baixada. 
Suspeitos foram presos com dinheiro arrecadado momentos antes de serem abordados por policiais - Divulgação PCERJ
O número pode ser maior, já que o levantamento contabiliza as 19 delegacias da região, mas não inclui os dados das especializadas, como a Delegacia de Homicídios (DHBF). De acordo com o coordenador das Delegacias da Baixada, delegado Felipe Curi, o número de milicianos presos representa a diminuição de mortes na região. "Isso tem um impacto direto na redução de homicídios, muitas das vezes cometidos por esse grupo criminoso. Estamos apertando o cerco. No mês passado, por exemplo, tivemos uma semana inteira sem registrar qualquer homicídio. Algo que pode ser considerado inédito na Baixada", afirma Curi. 
Os dois milicianos detidos possuem passagens por associação criminosa, homicídio, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Alan chegou a ser preso em 2017, quando participava de uma festa de milicianos em Sepetiba, na Zona Oeste do Rio. Segundo a polícia, ele teria matado o próprio primo, que em sua versão, teria ocorrido de forma acidental.
De acordo com a polícia, os presos vão responder por associação criminosa. Vale ressaltar que na última semana, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) prendeu 15 milicianos, em apenas 6 dias, em diferentes regiões do estado.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Milicianos faziam cobranças a comerciantes de Seropédica Divulgação PCERJ
Suspeitos foram presos com dinheiro arrecadado momentos antes de serem abordados por policiais Divulgação PCERJ

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro