PM youtuber rebate Gregório Duvivier após humorista insinuar que agente criou fake news

Gabriel Monteiro perdeu o porte de arma após sindicância interna da Polícia Militar em polêmica envolvendo o soldado e o coronel coronel Ibis Silva Pereira, ex-comandante-geral da corporação

Por O Dia

Gregório Duvivier e Gabriel Monteiro
Gregório Duvivier e Gabriel Monteiro -
Rio - A perda do porte de arma e da identidade funcional de policial militar pelo youtuber Gabriel Luz Monteiro de Oliveira se tornou um dos assuntos mais comentados da Internet nesta quinta-feira. Após a divulgação da decisão pela PM contra o soldado, a hashtag #somostodosgabrielmonteiro ficou em primeiro lugar no Twitter entre as postagens brasileiras na rede social. 
Em meio a tantas mensagens, o humorista Gregório Duvivier aproveitou para prestar solidariedade ao coronel Ibis Silva Pereira, ex-comandante da PM, envolvido no processo interno da corporação que culminou com as sanções ao soldado.
"Toda a solidariedade ao coronel Ibis Pereira, um dos quadros mais sérios da PM, vítima de fake news do gado bolsonarista", criticou Duvivier.

Galeria de Fotos

Gabriel Monteiro Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
O PM é conhecido pelas polêmicas que coleciona na Internet Reprodução / Internet
Gregório Duvivier e Gabriel Monteiro Reprodução / HBO e Internet
Gabriel sofreu as sanções da Comissão de Revisão Disciplinar da PM após ter forçado "de forma desrespeitosa" uma entrevista com o coronel Ibis, no dia 23 outubro do ano passado. Na ocasião, o soldado se passou por estudante da PUC para conseguir falar com o colega de farda.
Durante a entrevista, Monteiro cogitou que o ex-comandante da Polícia Militar tivesse envolvimento com traficantes da fação Comando Vermelho (CV).
"Meu Deus, eu inventei fake news? O coronel vai em áreas dominadas pelo Comando Vermelho, para o Bope entrar na região tem que ter uma megaoperação, eu indago-o de que maneira ele consegue ter acesso ao coração do CV e sou criador de fakenws? Que absurdo, que desumanidade", o youtuber rebateu Gregório.
Lotado no 34º BPM (Magé), mas atualmente afastado das ruas cumprindo função na Diretoria Geral de Pessoal (DGP), Gabriel Monteiro é conhecido por colecionar polêmicas, divulgadas no canal que mantém no Youtube. Ele também é integrante do Movimento Brasil Livre (MBL)

Comentários