Morre cadeirante vítima de bala perdida na Vila Kennedy

A vítima foi atingida na cabeça na principal praça da comunidade e socorrida pelos policiais militares que participam de operação na Vila Kennedy, mas não resistiu. Desde o início da ação da PM, há relatos de tiroteios em localidades da favela

Por Adriano Araujo e Anderson Justino

Gilmar dos Santos Gonçalves foi baleado na Praça Miami, às 10h
Gilmar dos Santos Gonçalves foi baleado na Praça Miami, às 10h -
Rio - Um cadeirante morreu ao ser vítima de bala perdida, na manhã desta sexta-feira, durante uma operação policial na Vila Kennedy, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Gilmar dos Santos Gonçalves foi atingido na cabeça e socorrido pelos policiais militares que participam da ação na comunidade, e chegou a ser reanimado no Hospital Albert Schweitzer, mas não resistiu ao ferimento. 
Segundo um morador da região, que preferiu não se identificar, o homem, na faixa dos 50 anos, foi atingido por volta das 10h na Praça Miami, a principal da Vila Kennedy e na entrada da comunidade.
O socorro foi acionado, mas os PMs levaram a vítima, ainda com vida, antes da chegada da ambulância. De acordo com uma testemunha, ele estaria indo visitar a mãe que está internada em uma UPA. 
Desde o início da operação da PM na Vila Kennedy, na manhã desta sexta-feira, há relatos de tiroteios em localidades da comunidade. Procurada, a Polícia Militar ainda não se pronunciou sobre o caso.

Comentários