Estações de trens da SuperVia são fechadas e linhas das Barcas suspensas a partir de sábado

Serão oito estações da SuperVia fechadas, nos ramais Japeri, Belford Roxo e Saracuruna. As linhas das Barcas suspensas são as que ligam até Cocotá e Charitas

Por O Dia

-
Rio - O secretário estadual de Transportes do Rio, Delmo Pinho, anunciou, na manhã desta sexta-feira, o fechamento de oito estações da SuperVia, além da suspensão de duas linhas da CCR Barcas. A decisão vale a partir deste sábado.

Galeria de Fotos

Estações da SuperVia serão fechadas a partir de sábado Reginaldo Pimenta
SuperVia: mais funcionários para higienizar trens e catracas Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Estação de trens da Central do Brasil Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
SuperVia vem registrando queda no número de passageiros devido ao novo coronavírus Reginaldo Pimenta
Estações da SuperVia serão fechadas a partir de sábado Reginaldo Pimenta
Estações da SuperVia serão fechadas a partir de sábado Reginaldo Pimenta
Estações da SuperVia serão fechadas a partir de sábado Reginaldo Pimenta
O anúncio foi feito em entrevista do secretário à "TV Globo". As estações da SuperVia que serão fechadas são as de Olinda e Presidente Juscelino, do ramal Japeri; Coelho da Rocha, Agostinho Porto e Vila Rosali, do ramal Belford Roxo; e Campos Elísios, Corte 8 e Jardim Primavera, do  ramal Saracuruna.
Delmo Pinho disse que o acesso será liberado apenas para trabalhadores de setores essenciais, como Saúde, Segurança, Imprensa, de abastecimento de gêneros alimentícios e empresas de transporte, que vão receber um passe especial para embarcar nas estações. "A relação oficial dessas categorias está sendo finalizada", disse a Secretaria Estadual de Transportes, através de nota.
"Para controlar o acesso, haverá pontos de controle em 18 estações (14 da SuperVia, 3 do MetrôRio e 1 da CCR Barcas). Nesses locais, haverá funcionários das Concessionárias que, com o apoio da Polícia Militar, farão a triagem dos usuários. Inicialmente, o embarque ocorrerá por meio da apresentação da carteira de trabalho/funcional ou do crachá que identifique o setor de atuação".
O medida faz parte de uma série de medidas restritivas para conter a propagação do novo coronavírus no município do Rio, contidas no decreto publicado no início da noite desta quinta-feira.
Em nota, a SuperVia disse pela manhã que não ainda sido informada da decisão divulgada pelo secretário. "A SuperVia, desde o início da contingência para enfrentar o Coronavírus, tem tomado medidas e apoia as decisões do Estado para mitigar riscos de contaminação. A concessionária está se preparando para cumprir o decreto de ontem, fazendo os ajustes que forem necessários, a partir da publicação da portaria hoje que o regulamentará".
A CCR Barcas não se pronunciou. 
BRT na Barra também com suspenso na Barra
A prefeitura também anunciou que vai suspender, temporariamente, a partir deste sábado, a ligação do BRT entre os terminais Alvorada e Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.
A medida foi adotada para evitar grandes aglomerações de pessoas na ligação entre os ônibus articulados e o metrô da Barra. No decreto anunciando a mudança, publicado no Diário Oficial do Município de hoje, a prefeitura alega que a ligação entre os dois tipos de transporte está "demandando o sistema BRT".
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários