Escola de gastronomia entrega sopa para moradores de rua do Rio

150 quentinhas que vinham com a sopa, além de maçã e colher, foram entregues emBotafogo, Largo do Machado e Catete

Por O Dia

Escola distribuiu quentinhas pela Zona Sul
Escola distribuiu quentinhas pela Zona Sul -
Rio - Pensando em uma boa saída para evitar o desperdício dos alimentos usados nas aulas canceladas e no restaurante Signatures, que está fechado devido a adoção de medidas para conter o coronavírus, os chefs do Le Cordon Bleu do Rio prepararam um sopão beneficente que foi entregue nesta quarta-feira para moradores de rua, levando alimento eum pouco de conforto à população que precisa. As 150 quentinhas que vinham com a sopa, além de maçã e colher, foram entregues em Botafogo, Largo do Machado e Catete.
"Foi uma experiência inexplicável poder ajudar as pessoas e levar carinho para uma população que está precisando ainda mais nesse momento, foi gratificante. Essa é uma ação que sempre quis fazer, mas infelizmente faltava recursos, hoje a Le Cordon Bleu, através de pessoas que querem fazer o bem como a Sofia Mesquita, nossa diretora geral, e toda nossa equipe, me proporcionou essa alegria, sempre cumprindo todas as normas e recomendações de segurança, claro. Não pretendo parar de fazer essa ação e espero que outros restaurantes e instituições possam fazer como a gente, já que o exemplo é o que podemos dar de melhor", afirmou o chef Gabriel Ribeiro, responsável pela idealização da ação junto com a equipe do Le Cordon Bleu carioca.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários