Militares nos transportes do Rio

Por

Crivella vai sancionar projeto após votação em segunda discussão
Crivella vai sancionar projeto após votação em segunda discussão -

Ontem, equipes das Forças Armadas foram até a Central do Brasil para promover uma ação de desinfecção dos trens e da estação da SuperVia. O prefeito Marcelo Crivella acompanhou os trabalhos e ressaltou que os militares repetirão essa atividade em outros meios de transporte da cidade:

"Vão também para os ônibus e para as estações do metrô, de madrugada, além do VLT. Fica nosso agradecimento às Forças Armadas por este trabalho impecável que estão fazendo no transporte de massa", disse Crivella.

O serviço será feito fora do horário de funcionamento dos meios de transporte, para não prejudicar o público.

Crivella reforçou a orientação de afastamento social e fechamento do comércio pelos próximos 15 dias, para conter a transmissão da Covid-19. Segundo o prefeito, após o prazo, a cidade poderá, aos poucos, voltar à normalidade.

"Adotamos a seguinte estratégia de afastamento social. Mantêm-se a indústria e os serviços. Paramos o comércio, que é o que emprega mais, especialmente o público feminino, o que mais tem contato com os idosos em suas famílias. O comércio precisa parar", disse Crivella.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários