Marcelo Crivella, prefeito do Rio, requisitou apoio militar para a chegada de novos aparelhos médicos - Marco Antonio Rezende / Prefeitura do Rio
Marcelo Crivella, prefeito do Rio, requisitou apoio militar para a chegada de novos aparelhos médicosMarco Antonio Rezende / Prefeitura do Rio
Por O Dia
Rio - Em meio às dificuldades de se ter todos os equipamentos médicos disponíveis para o tratamento de pacientes com covid-19, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, requisitou auxílio da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta quinta-feira para importar respiradores da China. Os aparelhos, já comprados, deverão ser entregues entre abril e maio.
De acordo com o mandatário do município carioca, a solicitação foi em função de alguns voos que traziam os aparelhos e ficaram retidos nos Estados Unidos e na Europa. Ainda segundo Crivella, o ministro-chefe da Casa Civil, general Walter Braga Netto, já informou que a FAB está se movimentando para acelerar o translado dos respiradores.
Publicidade
“Ano passado compramos 806 respiradores, da China e do Brasil, a maioria dos chineses. Eles estão chegando agora em abril e em maio. Está pago o transporte, mas como já houve casos de equipamentos como esses serem arrestados na Europa e nos Estados Unidos, nós pedimos ajuda da FAB para trazê-los”, falou o prefeito.