Cariocas podem fazer doação sem sair de casa

Como parte da população teme sair para entregar mantimentos, algumas campanhas se disponibilizam a ir até a porta do doador

Por Gabriel Sobreira

Diego Henrique retira doação na porta da casa de Celson Morais, de 58 anos, em São Cristóvão
Diego Henrique retira doação na porta da casa de Celson Morais, de 58 anos, em São Cristóvão -

A solidariedade está no DNA do carioca, mas em tempo de quarentena, muitos ficam com um pé atrás quando se trata de sair do isolamento. Como é o caso de Celson Morais, de 58 anos, que optou por fazer a doação na porta de casa.

"Estou só fazendo a minha parte. Espero que mais pessoas ajudem o próximo também", diz Morais.

De olho nesse público, algumas campanhas e ONGs se comprometem a ir até o doador e retirar as entregas. "As pessoas querem doar, mas ficam com medo de pegar o novo coronavírus. O pessoal está com bastante medo, tanto idoso quanto o público jovem. Por isso, vamos retirar", conta o comerciante Diego Henrique, mais conhecido como Diego Lula, um dos integrantes do S.O.S. Solidário Moradores de Rua (WhatsApp 96886-2514), que foi receber a doação na casa de Morais.

O projeto, localizado em São Cristóvão, começou com quatro pessoas e agora já tem 12. Eles preparam quentinhas para as pessoas em situação de rua. A iniciativa acontece desde o início do mês, mas os alimentos estão acabando.

Além de receber os mantimentos no Clube do Vasquinho, em frente ao Estádio São Januário, o grupo não mede esforços para buscar ajuda.

"Em qualquer bairro onde houver oferta de doação, vamos buscar. O que a gente mais precisa é o básico pras refeições: arroz, feijão, macarrão, óleo e farinha. A única dificuldade é a proteína, que é mais cara e nem todos dão", explica Diego. O grupo também aceita doação em dinheiro para comprar o que estiver faltando.

Outras iniciativas do bem

O coletivo Movimenta Caxias existe há três anos e quando viu a pandemia da Covid-19 não pensou duas vezes e começou uma ação para reunir doações para os mais necessitados. A ideia inicial era fazer aproximadamente 100 cestas básicas. A colaboração deu tão certo que a primeira etapa fechou em 1400 delas, ajudando 17 comunidades de Caxias. São bem-vindas doações de água,sabonete, álcool em gel e alimentos não perecíveis.
“Até a semana passada, a gente estava conseguindo recolher doações na casa das pessoas. Só que as duas pessoas que tinham carro para poder buscar acabaram ficando doente com Chikungunya, outra doença que aflige nossa população caxiense e acabou que não podem mais ajudar, por enquanto. Essa semana a gente parou de buscar. Só estamos recebendo as doações financeiras por meio das vaquinhas no Instagram e Facebook”, justifica Vitor Lourenço,coordenador de distribuição e de voluntários do Movimenta Caxias. “Mas pretendemos voltar a buscar doação de alimento em casa assim que tivermos mais voluntários com carro”, ressalta ele.
Quem não pode ir até a Rocinha para doar alimentos para o Corrente do Bem Rocinha (Instagram @correntedobemrocinha) e nem colaborar financeiramente, a produtora Juliana Cristina, porta-voz do Corrente, explica que pode buscar grandes doações. A iniciativa está aceitando açúcar, fubá,macarrão, óleo, feijão arroz, sardinha, farinha e molho de tomate. “Se captar 20 kg ou 50 kg de alimentos entre amigos ou vizinhos no condomínio, aí compensa a minha viagem, já que não tenho carro e pagaria Uber para ir buscar. Preciso ter um volume significativo para valer o meu frete”, conta ela. “A ideia é apessoa fazer uma rede de apoio, captar um montante, me procurar e eu retirar caso a pessoa não possa vir trazer aqui na Rocinha”, afirma ela.

Também como ajudar

S.O.S. Solidário Moradores de Rua
Endereço: Rua General Almerio de Moura, 2, São Cristóvão (Clube do Vasquinho)
Facebook: https://www.facebook.com/SOS-Solidario-Moradores-de-Rua-108551854138400/
WhatsApp: 9.6886-2514 (Diego)
Cultura na Cesta
Instagram: https://www.instagram.com/cultura_na_cesta/
Endereço: Rua 2, s/n, Cesarão (Santa Cruz)
WhatsApp: 9.98261-5815 (Alexandre) ou Associação dos Moradores do Cesarão: 3156-9009

Movimenta Caxias
Instagram: https://www.instagram.com/movimentacaxias/
Endereço: Rua doutor Lauro Neiva, 32, Centro, Caxias
WhatsApp (para retirada e entrega): 9.9281-7234 (Vitor Lourenço)
Banco Inter
Maria Eduarda Correia de Santana (CPF 17472751740)
Ag: 0001–9
C/C: 34857443

Corrente do Bem Rocinha
Instagram: https://www.instagram.com/correntedobemrocinha/
Banco Itaú
Ag. 0272
C/C: 23107-7

Galeria de Fotos

Diego Henrique retira doação na porta da casa de Celson Morais, de 58 anos, em São Cristóvão Acervo Pessoal
Diego Lula retira doação na casa de Celson Morais, em São Cristóvão Acervo Pessoal
Diego Henrique retira doação na porta da casa de morador em São Cristóvão Acervo Pessoal
Diego Henrique retira doação na porta da casa de Celson Morais, de 58 anos, em São Cristóvão Acervo Pessoal

Comentários