Crivella diz que vai contratar leitos particulares se rede municipal for totalmente ocupada

O prefeito disse ainda que vai baixar um decreto para que os trabalhadores dos estabelecimentos abertos e as pessoas que forem às ruas usem máscaras como prevenção

Por O Dia

Coletiva de Imprensa com o Prefeito Marcelo Crivella
Coletiva de Imprensa com o Prefeito Marcelo Crivella -
Rio - O prefeito Marcelo Crivella disse, nesta sexta-feira, que a Prefeitura vai contratar leitos privados para tratamento dos infectados pelo novo coronavírus, se a ocupação da rede municipal de saúde chegar a 100%. "Estamos chegando ao momento crítico de enfrentamento dessa doença. Todo o sacrifício que fizemos não pode ser jogado fora agora que a curva (de casos) se acelera – afirmou Crivella. 
Edital para pagar por leitos privados
Marcelo Crivella disse que a Prefeitura vai publicar edital para pagar por leitos em hospitais particulares e a população não ficar desatendida, caso as unidades municipais ainda não estejam inteiramente equipadas.
"Vamos contratar leitos privados neste período em que ainda não estiverem equipados, dependendo da chegada dos aparelhos da China, o hospital de campanha no Riocentro e o Ronaldo Gazolla, em Acari", afirmou Crivella.
Afastamento social e decreto para uso de máscaras nas ruas
Após se reunir pela manhã em gabinete virtual com a comunidade científica do Rio de Janeiro, Crivella declarou que a recomendação à população é para manter o afastamento social. 
O prefeito disse ainda que vai baixar um decreto para que os trabalhadores dos estabelecimentos abertos e as pessoas que forem às ruas usem máscaras como prevenção. Para auxiliar no cumprimento do decreto, a prefeitura vai distribuir 1,8 milhão de máscaras, que estão em produção pelas 500 costureiras contratadas pela Secretaria de Assistência Social.
 

Comentários