Niterói obriga uso de máscaras

Orientação passa a valer amanhã na cidade, sem efeito punitivo nos primeiros dias da norma

Por O Dia

O uso de máscaras será obrigatório para quem andar nas ruas de Niterói a partir de amanhã. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves na noite de segunda-feira e, nesse primeiro momento, terá efeito educativo, sem multa estipulada. O item também será obrigatório em áreas públicas e espaços privados, como supermercados e farmácias. No Rio, a norma também vale a partir de amanhã, seguindo a determinação de decreto publicado pelo prefeito Marcelo Crivella no sábado. Já em São Gonçalo, a orientação para uso de máscaras de proteção foi divulgada na segunda-feira.

No Rio e em São Gonçalo, os estabelecimentos poderão impedir a entrada de pessoas que estiverem sem máscara. Os responsáveis pelos transportes públicos também terão o poder de obrigar o uso do acessório. Em Niterói, agentes de segurança farão a fiscalização do uso das máscaras.

"Contaremos com os agentes de segurança pública neste trabalho de orientação e conscientização da população sobre o uso do item protetivo. É importante destacar que o uso da máscara é um hábito que teremos que incorporar, mesmo quando retornarmos a atividade econômica da cidade", diz o prefeito Rodrigo Neves, que reforçou o apelo para as pessoas ficarem em casa:

"Saiam às ruas apenas em casos de extrema necessidade, e com máscaras. Com elas, ao mesmo tempo que nos protegemos, garantimos a segurança do próximo".

A prefeitura de Niterói afirmou que chegará à marca de 500 mil máscaras distribuídas aos moradores da cidade, e que o objetivo é chegar a 1 milhão.

Niterói planeja retomada

Em vídeo publicado nas redes sociais na segunda-feira, o prefeito Rodrigo Neves afirmou que Niterói já estuda um plano para retomar as atividades econômicas na cidade. "Estamos fazendo tudo com consciência, com inteligência, com responsabilidade e segurança para a população. Nós vamos adotar medidas que forem necessárias para proteger a vida e a saúde da população de Niterói e, ao mesmo tempo, garantir as condições para a retomada do desenvolvimento das atividades econômicas no prazo mais breve possível", explicou o prefeito Rodrigo Neves.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro