Caixa amanhece com filas enormes pelo auxílio emergencial

Em busca da ajuda de R$ 600, trabalhadores informais e desempregados madrugaram nas portas das unidades bancárias e se aglomeraram

Por Maria Clara Matturo*

Em Bonsucesso, houve aglomeração e filas enormes antes mesmo de a agência da Caixa abrir
Em Bonsucesso, houve aglomeração e filas enormes antes mesmo de a agência da Caixa abrir -

Rio - Em busca do tão esperado auxílio emergencial, de R$ 600, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), desempregados e outros formaram filas enormes ontem (24 de abril) nas portas de agências da Caixa Econômica Federal. Em uma das unidades do banco em Bangu, houve confusão e policiais militares tiveram que intervir. Hoje, mais de 700 agências da Caixa abrirão para atender serviços essenciais.

Em Bonsucesso, Wellington da Silva, de 37 anos, madrugou na porta de uma das unidades do banco no bairro. Ele chegou por volta das 6h para guardar lugar para sua esposa. "Como temos dois bebês, ficaria complicado para ela passar horas aqui. A fila tomou grandes proporções e as pessoas se aglomeraram", contou. "Só fomos atendidos às 9h, mas o atendimento foi organizado", complementou.

Na mesma fila estava Jailza Maria, 51, que trabalha como camelô. Ela também chegou antes de a agência abrir. Porém, não conseguiu resolver seu problema: "Meu telefone foi roubado, então não consigo ver se o meu auxílio foi aprovado. Hoje fiquei na fila de 7h até meio-dia e não consegui resolver".

Fluxo limitado

Questionada sobre as filas, a Caixa alegou que ampliou em duas horas o atendimento em mais de mil agências. "Além disso, as unidades estão com fluxo de pessoas no interior limitado, para que seja possível manter a distância de no mínimo 1 metro entre as pessoas", informou.

Agências abrem hoje

A Caixa anunciou ainda que, hoje, abrirá 799 agências, das 8h às 12h, para atendimento de serviços essenciais à população. Poderão ser realizados saque de pagamentos do INSS sem cartão; dos seguros desemprego e defeso sem cartão e senha; saque Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha; pagamento de abono salarial e FGTS sem cartão e senha; desbloqueio de cartão e senha de contas e outros.

As agências que estarão abertas podem ser consultadas no site da Caixa (www.caixa.gov.br). Segundo o banco, as unidades terão fluxo de clientes controlado.

*Sob supervisão de Paloma Savedra

 

Comentários