Médica da UPA de Irajá e anestesista do Hospital Federal do Andaraí morrem de covid-19

Cremerj lamentou a morte de quatro médicos desde domingo. O Conselho Regional de enfermagem o Rio divulgou nota de pesar pela morte, ao longo do mês de abril, de 13 enfermeiros que enfrentavam o novo coronavírus na linha de frente

Por O Dia

Médico Justino José Lage Neto, anestesista do Hospital Federal do Andaraí, morreu, vítima do novo coronavírus, informou o Cremerj
Médico Justino José Lage Neto, anestesista do Hospital Federal do Andaraí, morreu, vítima do novo coronavírus, informou o Cremerj -
Rio - Mais dois médicos foram vítimas da covid-19, informou o Conselho Regional de Medicina (Cremerj) nesta segunda-feira. Magna Sandra Gomes de Deus, trabalhava na UPA de Irajá e na Policlínica Regional Santa Maria. A outra vítima é Justino José Lage Neto, anestesista do Hospital Federal do Andaraí.
No domingo, o Cremerj já havia comunicado a morte de outros dois médicos: o cardiologista Luiz Sérgio Peixoto Herthal do Espirito Santo, que por muitos anos atuou no Hospital Federal dos Servidores do Estado e o médico intensivista Celso de Almeida Felício, que atuava em Caxias. 

O Cremerj diz em nota que se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor.
O Conselho Regional de enfermagem do Rio divulgou nota de pesar pela morte, ao longo do mês de abril, de 13 enfermeiros que enfrentavam o novo coronavírus na linha de frente.

Comentários