Policial militar é preso ao realizar assaltos em Mesquita

Ao ser abordado agente disse que 'estava se divertindo' com amigo

Por O Dia

Ação foi realizada pelo 20ºBPM (Mesquita)
Ação foi realizada pelo 20ºBPM (Mesquita) -
Rio - Um policial militar lotado no 16º BPM (Olaria) foi preso ao realizar assaltos na Vila Emil, em Mesquita, na Baixada Fluminense, neste domingo. O agente foi capturado enquanto tentava despistar os policiais no município de Nilópolis, também na Baixada. Ao ser questionado, o PM informou que "estava se divertindo" com um amigo.
A perseguição teve início quando uma equipe do 20º BPM (Mesquita) foi acionada pelo rádio sobre a ação de dois criminosos que realizavam diversos assaltos na região. A dupla fugiu do local, mas após uma ação de busca, os PMs localizaram os acusados e realizaram um cerco na Rua Fagundes Varela, no bairro de Nova Cidade, em Nilópolis. 
Os criminosos utilizavam um veículo modelo Prisma, de cor prata e iriam embarcar em outro carro, de modelo Siena, na cor branca, para tentar despistar os agentes.
Durante a revista foi encontrada uma pistola, cal 38, registrada no nome de outro policial, nesse momento,  o acusado informou que era agente da PM e que estava se divertindo com o amigo. Ambos foram conduzidos à 54ª DP (Belford Roxo). 
Além dos crimes de assalto a mão armada, o policial militar não possui autorização para portar arma de fogo e a arma que ele portava não faz parte de sua propriedade segundo consta no Sistema Integrado de Inteligência da Segurança (Sispes). As vítimas reconheceram os acusados como os autores dos assaltos e ambos foram autuados no Art 157.
O policial foi preso e conduzido a Unidade Prisional da Polícia Militar, pelo Tenente do 16º BPM. O amigo do agente permaneceu preso na 54ª DP, aguardando transferência para uma Unidade Prisional.

Galeria de Fotos

Ação foi realizada pelo 20ºBPM (Mesquita) Reprodução/Internet
Agente é lotado no 16ºBPM (Olaria) Reprodução / Google Street View

Comentários