Cariocas ignoram pedidos de isolamento e vão à praia no feriado

A movimentação mais intensa foi vista na praia do Pepê, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Rio - Apesar do aumento diário no número de casos confirmados e de mortes por causa do novo coronavírus, parte da população carioca decidiu ignorar as regras de isolamento nesta sexta-feira, feriado de 1º de maio.
A movimentação no calçadão junto às praias da zona oeste e sul do Rio foi intensa no final da manhã. E, na Barra da Tijuca e no Recreio, até mesmo famílias foram flagradas na areia da praia.

A movimentação mais intensa foi vista na praia do Pepê, na Barra da Tijuca. Famílias com crianças pequenas podiam ser vistas brincando próximas ao mar. Em trios, duplas ou mesmo sozinhas, algumas pessoas tomavam banho de sol ou aproveitavam para correr ou caminhar. Em menor número, o mesmo pôde ser visto na praia da Reserva, no Recreio.

Nos calçadões, a aglomeração das pessoas era ainda mais forte. Na Barra, boa parte nem sequer utilizava máscaras de proteção. No Leblon, Ipanema e Copacabana, muitas pessoas aproveitaram para correr ou andar de bicicletas, mas a areia das praias estava praticamente vazia - reflexo de uma maior frequência de policiais militares, inclusive utilizando motocicletas.