Polícia apreende 10 veículos de milicianos em Guaratiba

Carros seriam do bando de Ecko e ação teria causado prejuízo no faturamento mensal da milícia de cerca de R$ 160 mil

Por O Dia

Além da apreensão dos veículos por suspeita de clonagem, polícia tenta desarticular braço financeiro da milícia de Wellington da Silva Braga
Além da apreensão dos veículos por suspeita de clonagem, polícia tenta desarticular braço financeiro da milícia de Wellington da Silva Braga -

Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) apreenderam, nesta terça-feira, em Guaratiba, 10 veículos para serem periciados por suspeita de clonagem ou adulteração. A operação teve como objetivo desarticular o braço financeiro da milícia de Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, atuante na região. Segundo as informações, a ação causou um prejuízo no faturamento mensal da milícia da região de cerca de R$ 160 mil.

De acordo com as investigações da especializada, o grupo criminoso chefiado pelo miliciano Ecko controla o transporte alternativo na região de Guaratiba e adjacências, obrigando os motoristas de vans e aplicativos a pagarem taxas para poderem prestar esse serviço.

Os agentes verificaram também que a milícia local ameaçava qualquer motorista de aplicativo que não fosse da região ou que não estivesse pagando taxas ao grupo criminoso, impedindo o motorista de atuar pegando passageiros. A ameaça era estendida para os moradores que só podem ser transportados pelos veículos autorizados pela milícia.

A ação contou com o apoio operacional das unidades 43ª DP (Guaratiba), 48ª DP (Seropédica), 53ª DP (Mesquita), 56ª DP (Comendador Soares) e Secretaria Municipal de Transporte (SMTR).

Comentários