Governo do Rio prorroga suspensão de aulas presenciais no estado até 20 de agosto

Medida, publicada em Diário Oficial, vale para as redes pública, privada e o ensino superior

Por O Dia

Reabertura das escolas "pode ser um fator de risco para novos surtos" da covid-19
Reabertura das escolas "pode ser um fator de risco para novos surtos" da covid-19 -
Rio - O governo do estado do Rio determinou, nesta quarta-feira, a suspensão das aulas presenciais até o dia 20 de agosto. A medida, publicada em Diário Oficial, vale para as redes pública, privada e o ensino superior. A prefeitura do Rio já havia autorizado a retomada das aulas a partir do dia 3 de agosto em escolas privadas para estudantes do 4º, 5º, 8º e 9º anos do ensino fundamental.
Segundo o texto, a medida tem como objetivo "resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação da covid-19".
Procurado pelo DIA, o órgão respondeu que assim que a Secretaria de Saúde informar que haverá condições de voltar, será iniciado o protocolo de 15 dias para a retomada das aulas presenciais nas unidades escolares fluminenses, sejam elas públicas ou privadas.
A pasta ressaltou ainda que vem trabalhando junto com um Comitê de Especialistas desde o início do isolamento, avaliando e elaborando esta volta às aulas presenciais.

Comentários