Prefeitura reprime aglomeração em festas de Sepetiba

Eventos na praia, denunciados pelo Disk Aglomeração, reuniam cerca de mil pessoas

Por O Dia

Agentes da Seop, da GM e da Secretaria da Fazenda, com apoio da PM, participaram da ação na orla
Agentes da Seop, da GM e da Secretaria da Fazenda, com apoio da PM, participaram da ação na orla -

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), impediu dois eventos da praia de Sepetiba, na Zona Oeste, que aconteciam simultaneamente na noite deste domingo, dia 9, e reuniam cerca de mil pessoas entre a orla e a areia.

A ação aconteceu num trecho de 300 metros, entre a Praça do Coreto - local de um festival de pipas - e um ponto em frente à Igreja de São Pedro, onde seria realizado um show de pagode em plena via com direito a um "palco" na calçada montado com diversas caixas de som.

Ao todo, 30 agentes da Seop, da Guarda Municipal do Rio e da Secretaria da Fazenda, com apoio da Polícia Militar, participaram da ação em atendimento à denúncia feita ao Disk Aglomeração (canal 1746), da Prefeitura.

Ao chegar no local, a equipe encontrou bares e barracas funcionando de forma irregular, veículos estacionados em pontos proibidos, além de grande número de pessoas na faixa de areia - algumas delas utilizando grelhas para churrasco. O público foi dispersado. No total, foram retiradas 15 estruturas de ambulantes - inclusive, as caixas de som -, fechados três estabelecimentos, multados 21 veículos por estacionamento irregular e apreendidas três grelhas.

Comentários