'Homem desesperado' diz Witzel sobre delação de Edmar Santos

O ex-secretário de Saúde foi preso sob acusação de integrar suposta organização criminosa que teria fraudado contratos de compra de respiradores pulmonares para combate à pandemia do novo coronavírus

Por O Dia

Edmar Santos havia sido nomeado para a Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Covid-19
Edmar Santos havia sido nomeado para a Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Covid-19 -
Rio - Após novos trechos da delação do ex-secretário Edmar Santos se tornarem públicos, o governador do Rio, Wilson Witzel, divulgou um vídeo em seu perfil oficial no Twitter dizendo que "essa é a atitude de um homem desesperado porque está diante da perda do cargo de tenente-coronel da PM e do diploma de médico, usado para o crime, segundo as investigações."
Além disso, o governador disse que jamais tratou com Edmar qualquer assunto que não fosse governamental. "Eu escolhi esse secretário em razão do seu currículo. Médico, professor da UERJ, oficial da Polícia Militar e diretor do Hospital Pedro Ernesto. Foi uma escolha absolutamente técnica. Infelizmente tem sido uma enorme decepção para a população do estado do Rio de Janeiro", afirmou Witzel. 
Edmar Santos foi preso no dia 10 de julho sob acusação de integrar suposta organização criminosa que teria fraudado contratos de compra de respiradores pulmonares para combate à pandemia do novo coronavírus.
O ex-secretário do Rio fechou delação com o MPF e foi solto no último dia 6, após decisão dada a pedido da Procuradoria-Geral da República pelo Superior Tribunal de Justiça.
Procurado para comentar o caso, a defesa de Edmar disse que não se pronunciaria "por razões de sigilo profissional".

Galeria de Fotos

Prisão do ex-secretário estadual de saúde do Rio, Edmar Santos, em seu apartamento, em Botafogo, Zona Sul do Rio Reginaldo Pimenta
Edmar Santos: ex-secretário Tomaz Silva/Agência Brasil
Entrevista coletiva com o governador, Wilson Witzel e o ex-secretario de saúde Edmar Santos Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

Comentários