Imagens mostram correria e explosões após queda de balão em condomínio em Irajá

Caso aconteceu na manhã de domingo, deixou 500 famílias sem luz e carros de moradores ficaram queimados. Acidentes com balões subiram mais de 1.600%; veja fotos e vídeos do corre-corre no condomínio e dos balões caindo no local

Por Bernardo Costa

x
x -

Rio - Fogo, explosões, corre-corre e gritaria marcaram a manhã de domingo no condomínio Parque Irajá, na Rua Aníbal Porto, em Irajá, na Zona Norte. Tudo devido à queda de um imenso balão, que danificou a rede elétrica dos moradores, deixando cerca de 500 famílias sem luz, entre 7h20 e 13h30, quando técnicos da Light restabeleceram a energia no local. Apesar de ninguém ter ficado ferido, a população do conjunto residencial contabilizou prejuízos: dois carros queimados e uma televisão pifada.  

"Por sorte não houve uma tragédia por aqui. Mais de 100 pessoas invadiram o condomínio atrás do balão. Quando um homem puxou a estrutura que estava presa ao fio, a rede veio toda abaixo. Houve fogo e várias explosões, que pareciam tiros", contou a síndica Valéria Martins, de 54 anos.

Galeria de Fotos

Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Queda de balão em Irajá, domingo Divulgação/Light
Rio,17/08/2020 -IRAJA, balão cai em rede elétrica em um condominio e deixa 500 moradores sem luz em Irajá. Na foto, Sandra Helena, dona do carro onde caiu o balao .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)
Rio,17/08/2020 -IRAJA, balão cai em rede elétrica em um condominio e deixa 500 moradores sem luz em Irajá. Na foto, Sandra Helena, dona do carro onde caiu o balao .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Rio,17/08/2020 -IRAJA, balão cai em rede elétrica em um condominio e deixa 500 moradores sem luz em Irajá. Na foto, Sandra Helena, dona do carro onde caiu o balao .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Rio,17/08/2020 -IRAJA, balão cai em rede elétrica em um condominio e deixa 500 moradores sem luz em Irajá. Na foto,carro onde caiu bandeira do balao pegando fogo.Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Rio,17/08/2020 -IRAJA, balão cai em rede elétrica em um condominio e deixa 500 moradores sem luz em Irajá. Na foto,local onde caiu o balao .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Carros foram atingidos por fogo provocado por queda do balão em condomínio em Iraja WhatsApp O DIA (98762-8248)

Segundo ela, dentre as pessoas que invadiram o condomínio atrás do balão havia gente com blusas alusivas a turmas de baloeiros: "Havia uns três uniformizados, mas não deu tempo para ler os dizeres. Eles subiam em cima dos carros para tentar pegar o balão e muitos estavam de capacetes. Creio que para não serem identificados. Foi assustador".

Proprietária de um dos carros danificados, a aposentada Sandra Fernandes, de 58 anos, mostrou ontem os prejuízos: o veículo tem marcas de queimadores por todos os lados. "O rack no teto foi destruído e o insufilm dos vidros ficou todo derretido", contou Sandra.

O carro dela estava próximo ao do eletricista Rafael Silva, de 31 anos, que também foi danificado: "Uma parte da bucha fez um buraco no capô. Poderia ter incendiado tudo, inclusive os apartamentos".

Acidentes com balões crescem 1.622%

Segundo o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais,fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndio sem áreas florestais e urbanas é crime, com pena de detenção de um a três anos ou multa. Segundo moradores, viaturas do 41º BPM(Irajá) estiveram no local,no domingo, mas, segundo a PM, ninguém foi detido.

De acordo com a Light,os acidentes com balões em redes elétricas da concessionária cresceram 1.622% no segundo trimestre deste ano em relação ao primeiro. De abril a junho, 223 mil clientes ficaram sem energia elétrica devido à queda de balões, contra 12 mil de janeiro a março. Segundo a empresa,as regiões com mais ocorrências são as cidades do Rio,Duque de Caxias, Mesquita e Queimados.

A PM informou que,neste ano, foram apreendidos 206 balões. Já a Polícia Civil disse que, sobre o caso em Irajá, não houve registro do fato na delegacia da área (27ª DP). Para Adélia Batista, de 76 anos, o prejuízo foi ficar sem a TV.“Acabei perdendo o programa do Silvio Santos”. 

Comentários