Edições anteriores da Feira Literária de Paracambi (FLIPA) - Divulgação
Edições anteriores da Feira Literária de Paracambi (FLIPA)Divulgação
Por André Arraes
Publicado 18/08/2020 00:00 | Atualizado 18/08/2020 15:43

Com o isolamento social adotado para frear o avanço do novo coronavírus, a edição deste ano da tradicional Feira Literária de Paracambi (FLIPA) será inteiramente virtual para respeitar o distanciamento social. A organização do evento montou uma programação especial online que começa amanhã e vai até sexta-feira, com atrações como: contação de histórias, debates, entrevistas, encontro de escritores, além da participação de alunos e professores da rede pública.

"Este ano temos o limitante do distanciamento social, mas isso não significa que deixaremos de fazer a Feira, só faremos diferente. A FLIPA este ano não será na rua, será na rede. É algo novo que nós temos trabalhado bastante para que dê certo e para que as pessoas consigam acompanhar os debates, histórias, informações construtivas referentes às obras e trabalhos de nossos alunos. Tudo sendo feito à distância e com segurança, obedecendo às orientações de cuidado", explicou o secretário municipal de Educação, Mariano Almeida.

Com o slogan 'Por mim, por você, por nós' a Feira Literária tem uma novidade da edição de 2020: a comemoração dos 60 anos do município, celebrado neste mês de agosto. Alunos da rede pública vão homenagear a cidade por meio de vídeos, contar a história do local e mostrar pontos turísticos de Paracambi.

"Além de ampliar o repertório cultural, buscaremos também estabelecer um processo identitário, reconhecendo o valor do lugar onde moramos e nos identificando como parte da sua história", ressalta a coordenadora municipal de leitura de Paracambi, Ana Paula Barbosa de Figueiredo, responsável pela Feira desde a primeira edição do evento.

A Feira Literária de Paracambi será transmitida pelo YouTube, no link https://www.youtube.com/channel/UClfMjKOHisU-N4Dqwzy4V1g/, e no Facebook e Instagram da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (@educaparacambi).

O INÍCIO DO PROJETO

A Feira Literária de Paracambi teve sua primeira edição realizada em 2017. Tradicionalmente ela acontece na Praça da Fábrica e Cassino. No ano passado, o evento reuniu 32 autores, nove editoras, além de realizar oficinas, palestras e apresentar mais de 50 atrações em dois dias de programação.

"A FLIPA surgiu como uma forma de ultrapassar os muros das escolas e compôr uma feira ao ar livre, multiplicando a leitura de maneira que esta ideia possa ser espalhada", afirma Mariano.

Democratização do acesso

A FLIPA acontecerá em uma semana de debates e polêmicas sobre acesso à leitura. Na reforma tributária pretendida pelo Governo Federal, os livros não seriam mais isentos de impostos e seriam taxados em 12%, o que os deixariam mais caros. A medida não agrada escritores e também parte da sociedade, que reúne, em um abaixo assinado online, quase 850 mil assinaturas contrárias à mudança. Como coordenadora de leitura, Ana Paula também posiciona contra esta decisão.

"Sou contrária a essa medida. Nós devíamos favorecer o acesso ao livro, através de ações de fomento à leitura e a literatura. O que essa proposta traz é justamente o contrário, o livro que já é um produto caro, em relação a renda média do trabalhador brasileiro, com essa taxação o abismo entre leitor e livro fica ainda mais evidente. A leitura é a principal ferramenta para o crescimento intelectual, cognitivo dos indivíduos. A literatura é um investimento a longo prazo."

 

programação
Publicidade
DIA 19

8h30- Abertura

9h às 11h- Encontro com escritores.
Temas: Histórias e interação no Vale do Café, Protagonismo Afro-brasileiro 

16h- Participação da Escola Municipal Nicola Salzano



DIA 20

8h30- Entrevista: Progresso e Trabalho em Paracambi

9h30- Debate: Importância da contação de história

10h30- Encontro de escritores: Contos e Mitos

11h30- Debate:Literatura x  trabalho social

15h- Exibição de vídeo

18h- Videoconferência: Perspectiva da EJA



DIA 21

8h40- Participação da Escola Municipal Gov. Roberto Silveira

9h30- Encontro de escritores: literatura Infantil

10h20- Encontro escritores- Poesia

14h às 16h- Exibição de vídeo: História de Paracambi, personalidades e pontos turísticos



Você pode gostar
Comentários