José Eduardo Nunes Júnior foi preso flagrante - Reprodução
José Eduardo Nunes Júnior foi preso flagranteReprodução
Por RAI AQUINO
Rio - Policiais da 12ª DP (Copacabana) prenderam em flagrante, nesta segunda-feira, um falso motoboy que estava prestes a aplicar um golpe em uma idosa no bairro da Zona Sul do Rio. José Eduardo Nunes Júnior, de 31 anos, foi capturado na porta do edifício da mulher.
De acordo com a delegada Valéria Aragão, titular da 12ª DP, o golpe de José Eduardo foi descoberto após ele ligar para a idosa como se fosse de seu banco e ela ter desconfiado. Na ligação, o homem, se passando por um funcionário, disse que havia uma compra feita no cartão de crédito da mulher em Campinas, São Paulo.
Publicidade
A idosa estranhou e ligou para o telefone no verso de seu cartão. O mesmo homem que havia acabado de falar com ela estava na linha (a ligação foi "travada" para que não fosse feita outra). Ela pediu para que o cartão fosse bloqueado, mas o suposto funcionário do banco a orientou a escrever uma carta de próprio punho e anexar o cartão, que uma pessoa iria fazer a retirada do material em sua residência para o procedimento ser feito.
Ainda segundo a delegada, a mulher procurou, então, o gerente de sua conta, que a alertou que se tratava de um golpe. Ela avisou aos policiais da 12ª DP, que foram até sua residência, onde encontraram o falso motoboy na região.
Publicidade
José Eduardo foi abordado pelos agentes e informou que fazia entregas na região, apesar de não estar com alguma mochila ou seu veículo ter baú. Foi, então, que ele confessou que foi ao endereço pegar o cartão da idosa.

Galeria de Fotos

Delegacia de Copacabana vem alertando a população sobre golpes existentes Divulgação / Polícia Civil
Delegacia de Copacabana vem alertando a população sobre golpes existentes Divulgação / Polícia Civil
Delegacia de Copacabana vem alertando a população sobre golpes existentes Divulgação / Polícia Civil
José Eduardo Nunes Júnior foi preso flagrante Reprodução
Publicidade
O falso motoboy tentou fugir, mas foi alcançado pelos policiais. Na delegacia, ele foi atuado por tentativa de estelionato e a moto que estava com ele, uma Honda Titan, foi apreendida.
"Esse tipo de estelionato vem sendo praticado com muita frequência nos últimos meses, principalmente por causa do confinamento da covid-19, em que as vítimas não saem de suas residências, cumprindo as regras recomendadas de isolamento social.", afirmou a delegada.
Publicidade
A distrital vai continuar com as investigações para a identificação de outros integrantes dessa associação criminosa. Também está sendo apurado o envolvimento de José Eduardo vários outros crimes parecidos, investigados pela delegado.
"Divulgamos sempre casos muito reincidentes para alertar as vítimas em potencial. O golpe é perfeito. Tem vitimado muitas pessoas esclarecidas. Criminosos se sofisticando", Aragão acrescentou.