Criminosos foram conduzidos para 58ª DP (Posse) - Reprodução
Criminosos foram conduzidos para 58ª DP (Posse)Reprodução
Por O Dia
Rio - Policiais civis da 58ª DP (Posse) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira, dois suspeitos de integrarem uma milícia responsável por vender de forma ilegal apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida. Identificado como Iuri e Luan, a dupla atuava nos bairros Jardim Guandu, Campo Grande, Palhada e Fazendinha.
Segundo a Polícia Civil, uma vítima da dupla foi até a delegacia registrar um caso de estelionato após supostamente adquirir dois apartamentos e os mesmos não foram entregues. A vítima teria pagado R$ 2 mil reais em um apartamento no condomínio minha casa minha vida Campo Grande e R$800 reais por um apartamento no bairro Palhada, em Nova Iguaçu.
Publicidade
Ainda segundo a polícia, equipes realizaram um trabalho de monitoramento dos suspeitos e os localizaram dentro de uma loja em Nova Iguaçu. Na ação, policiais apreenderam diversos envelopes com documentações pessoais e dinheiro das vendas ilegais.
Eles foram conduzidos para a 58ª DP (Posse) e encaminhados para a Seap, onde ficarão à disposição da Justiça.