Aglomeração no Leblon - Reprodução/Redes Sociais
Aglomeração no LeblonReprodução/Redes Sociais
Por O Dia
Publicado 18/09/2020 19:10 | Atualizado 18/09/2020 20:00
Rio - O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos) anunciou, na tarde desta sexta-feira, o endurecimento da punição para os estabelecimentos que permitirem aglomerações e desrespeitarem as regras de ouro no combate à pandemia de covid-19 no município. 
De acordo com Crivella, passarão a ser consideradas gravíssimas as infrações dos estabelecimentos que permitirem aglomerações, com multas de R$ 15 mil a R$ 26 mil, esta em caso de reincidência. A interdição destes estabelecimentos passará a ser de sete dias. Em casos extremos, poderá haver a cassação do alvará.
Publicidade
As multas, até então, variavam de R$ 700 a R$ 2.700 para os estabelecimentos que recebiam infração grave.
"Muitos cariocas ainda se expõem de maneira irresponsável, sem usar máscaras. Vamos manter a situação em que estamos agora. Não vamos liberar nada tendo em vista que infelizmente as curvas não caíram como esperávamos", afirmou o prefeito, em entrevista coletiva. 
Publicidade
Segundo o boletim da Secretaria de Estado de Saúde desta sexta-feira, a cidade do Rio de Janeiro tem 97.612 casos confirmados e 10.449 mortes por causa da covid-19.