Pronto Socorro Central de São Gonçalo
Pronto Socorro Central de São GonçaloReprodução / Arquivo
Por O Dia
Rio - Um cabo da Polícia Militar do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 7º BPM (São Gonçalo) foi morto a tiros, na noite deste domingo (7), durante um confronto com bandidos que estavam em um carro roubado. O crime ocorreu por volta das 21h45, no bairro Mutuapira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. 
Em nota, a PM informou que o cabo Bruno Oliveira estava com uma equipe que patrulhava a Estrada da Covanca, quando houve o ataque por disparos de arma de fogo feitos por ocupantes de um carro. "Houve reação ao ataque criminoso. Na ação, um policial militar ficou ferido".
Publicidade
O policial foi socorrido por colegas de farda e levado para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo, no bairro Zé Garoto, mas não resistiu aos ferimento.
Ainda segundo a polícia, uma segunda equipe do 7º BPM que patrulhava a região entrou em confronto com o grupo que estava no mesmo carro. Dois suspeitos foram baleados, mas conseguiram fugir, sendo detidos logo em seguida, após darem entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Nova Cidade. 
Publicidade
O cabo Bruno Oliveira ingressou na Polícia Militar em 2014. Não há informações sobre sepultamento.