Espaço vai oferecer diversas modalidades esportivas para moradores do Recreio dos Bandeirantes
Espaço vai oferecer diversas modalidades esportivas para moradores do Recreio dos BandeirantesFábio Motta / Prefeitura do Rio / Divulgação
Por O Dia

A Vila Olímpica Waldir Pereira, o Didi, no bairro do Recreio dos Bandeirantes, foi reaberta para atividades esportivas na última sexta-feira. O espaço será mais uma opção de lazer para os moradores da região.

O reinício contou a presença do secretário Municipal de Esportes, Guilherme Schleder, e da coordenadora da Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP), Liliane Menezes Lacerda. As inscrições já estão abertas e, ao todo, estão sendo disponibilizadas 695 vagas para crianças, jovens e adultos. Estão previstas ações de lazer, de entretenimento e de esporte.

"Nossa prioridade tem sido colocar as vilas em condições de uso para a população, e ter mais um equipamento em funcionamento é algo de suma importância para a cidade. É mais opção de lazer e de esporte. Não estamos medindo esforços para isso", disse o secretário.

Neste primeiro momento, serão dadas aulas de ginástica localizada e funcional, alongamento, muay thai, balé, jazz, futebol, corrida, caminhada, vôlei, karatê e xadrez, além da brinquedoteca e da recreação infantil. A vila funcionará das 7h até 18h20, de terça a sexta-feira. Às segundas-feiras o local fica fechado para realização de manutenção.

Ex-atleta da seleção brasileira na categoria 69 quilos, a coordenadora da CBLP, Liliane Lacerda, elogiou a iniciativa da secretaria. "Ter um vila olímpica numa comunidade é muito importante. Fui técnica de levantamento de peso na Vila da Mangueira e sei bem o que é isso. Não é só pela questão esportiva, mas também pela capacitação e pela formação da cidadania. Isso ajuda a retirar os jovens das ruas e da criminalidade."

Por conta da Covid-19, os protocolos de segurança estão sendo seguidos com rigor, com turmas reduzidas, distanciamento de 1,5 metro, uso de máscaras, higienização de materiais e totens de álcool em gel espalhados pela unidade. É recomendado ainda que a pessoa leve garrafa de água e, se preferir, seu próprio álcool.

Para o aluno se inscrever, é necessário cópia da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, foto 3×4 e declaração escolar. Também está sendo aceito a identidade e o CPF do responsável, caso o menor de idade não possua documentação. Para pessoas com mais de 65 anos, é necessária ainda a apresentação do atestado médico.

A Vila Olímpica Mestre Didi fica na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira 335, Recreio dos Bandeirantes.

Você pode gostar
Comentários