(Arquivo) Prefeito Eduardo Paes e o governador em exercício Cláudio Castro
(Arquivo) Prefeito Eduardo Paes e o governador em exercício Cláudio CastroReginaldo Pimenta
Por O Dia
Rio - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, usou sua conta no Twitter para manifestar a pressa em receber os imunizantes que estavam previstos para chegarem no estado nesta segunda-feira. O secretário estadual de Saúde do Rio, Carlos Alberto Chaves, afirmou ao DIA que, por uma questão logística, aguardaria a chegada da remessa de doses de Coronavac de quarta-feira para distribuir as doses previstas para chegarem hoje. O prefeito disse que o município está em condições de buscar as vacinas no depósito do governo.
"Secretário Chaves e Governador ⁦@ClaudiocastroRJ⁩, o Rio está à disposição e em condições de ir no depósito de vocês e imediatamente pegar nossas vacinas. Podemos fazer isso todos os dias da semana. Não precisamos de helicóptero. Queremos vacinar!", escreveu o prefeito. 
Publicidade
O Estado do Rio espera receber ainda nesta segunda-feira a sua parte das 3,3 milhões de doses de Coronavac que o Instituto Butantan entrega ao Ministério da Saúde. O governo, no entanto, só deve distribuir essas doses quando chegar o próximo lote, na quarta-feira. Segundo o cronograma do Governo Federal, 2 milhões de doses serão entregues no dia 17 de março.
Publicidade
Chaves disse que vai aguardar o lote de quarta-feira para distribuir as duas remessas esperadas para esta semana. Na própria quarta-feira serão encaminhadas as vacinas aos municípios de transporte terrestre ( Rio, Niterói, Maricá e São Gonçalo) e na quinta-feira os helicóperos distribuem aos demais municípios do estado.
Na noite da última quinta-feira, o prefeito Eduardo Paes anunciou a suspensão do cronograma de vacinação por falta de doses na capital. A cidade do Rio abriria, esta semana, a imunização para pessoas de 75 e 74 anos. Mas sem a chegada de novas remessas, o município segue vacinando apenas a segunda dose e idosos com 76 anos ou mais.