Estado do Rio registra 3.927 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas
Estado do Rio registra 3.927 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horasFoto: Reprodução internet
Por O Dia
Rio - As filas de UTIs e enfermarias no estado do Rio apresentaram nova queda no início nesta semana, em comparação com a última sexta-feira (16), quando o número de pessoas que esperavam por leitos alcançava a marca de 395, sendo 307 de UTIs e 88 de enfermarias. Nesta segunda-feira (19), o painel de Covid-19 do estado aponta que o número de pacientes em espera caiu para 228.
De acordo com dados computadorizados pelo Painel de Monitoramento da Covid-19 do estado do Rio, são 192 pessoas à espera de uma vaga em UTI e 32 aguardando por leitos de enfermaria. Desde o último sábado (17), quando foram registrados 259 pacientes na fila, os números vem apresentando uma queda gradual.
O mapa de dados do estado aponta que maior parte do Rio tem risco alto de transmissão da doença, com apenas a região Metropolitana I, que engloba a Capital, Duque de Caxias, Magé, São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Mesquita, Nova Iguaçu, Queimados, Japeri, Seropédica e Itaguaí, com índice considerado muito alto. 
 
Publicidade
Já o painel de Covid-19 da prefeitura do Rio mostra que a Capital tem atualmente 43 pessoas aguardando por vagas nos hospitais. A taxa de ocupação de leitos operacionais é de 90% e o índice de contágio também aparece como muito alto. Ainda de acordo com informações do painel municipal, a cidade registrou nas últimas 24h o número de 285 casos confirmados, 57 óbitos e 111 pessoas internadas em estado grave.
 
Publicidade
O estado do Rio registrou nas últimas 24h 916 casos e 108 óbitos. A taxa de ocupação das enfermarias é de 69% e de UTIs 85,8%, com média de espera por leitos para cada, respectivamente, de 1h e 4,5h.
 
Publicidade
Abertura de leitos 
 
Publicidade
Em portaria publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (20), o Ministério da Saúde liberou recursos para a abertura de 29 novos leitos de tratamento intensivo dedicados a pacientes com Covid-19 no Rio de Janeiro. A medida beneficia, também, outros doze estados brasileiros, com um total de 411 vagas.