Monique Medeiros, mãe de Henry Borel e namorada do vereador Dr. Jairinho
Monique Medeiros, mãe de Henry Borel e namorada do vereador Dr. JairinhoReprodução
Por O Dia
Rio - A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, realizou um exame de tomografia computadorizada do tórax nesta terça-feira (20), no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. A professora, presa com o namorado o vereador Jairo Souza Santos Junior, o Dr. Jairinho (expulso do Solidariedade), foi diagnosticada com covid-19.
Monique estava em isolamento por conta das novas regras de entrada de detentos nos presídios por conta da covid. Na segunda-feira ela foi diagnosticada com a doença e, desde então, está internada no Hospital Penal Hamilton Agostinho, no complexo de Gericinó, em Bangu.
Publicidade
NOVO DEPOIMENTO
A nova defesa da professora quer que ela preste um novo depoimento à Polícia Civil. Os advogados garantem que ela era mais uma vítima de Jairinho. O delegado Antenor Lopes, diretor do Departamento de Polícia da Capital, disse que o inquérito deve ser fechado ainda esta semana.
Publicidade
A Polícia Civil garante que tem provas suficientes para concluir o inquérito da morte Henry Borel, e que um novo depoimento de Monique Medeiros não vai alterar o curso das investigações.
"Ela (Monique) sempre protegeu o companheiro, inclusive pedindo para a babá apagar as mensagens que indicavam as agressões ao menino no dia 12 de fevereiro”, disse o delegado.