Valor do limite noturno do Pix ainda pode ser alterado a pedido do clienteAgência Brasil

Rio - Uma mulher acusada de praticar o golpe do falso Pix foi presa em flagrante por policiais civis, nesta quinta-feira (6), próximo à Fiocruz, na Zona Norte do Rio. Os agentes da 19ª DP (Tijuca) teriam chegado até a suposta estelionatária após a denúncia de uma das vítimas, dona de uma loja de moda feminina na Tijuca. 
De acordo com a denúncia da empresária, a suspeita já havia efetuado três compras entre dezembro e janeiro num montante de, aproximadamente, R$ 2,5 mil. O golpe era dado usando comprovantes falsificados de transações via Pix.
A suspeita foi presa enquanto iria buscar os produtos de uma nova compra feita com comprovante falsificado. Ela aguardava a entrega dos produtos no valor de R$ 2 mil, quando os policiais civis a surpreenderam efetuando a prisão em flagrante, próximo à Fiocruz.