Centro de Triagem Diagnóstica (CTD/UFRJ)Moisés Pimentel

Rio - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) suspendeu a testagem contra a covid-19 na próxima quarta-feira (12) devido às fortes chuvas que causaram vazamento no teto do posto, no Centro de Triagem Diagnóstica. Em nota, a reitoria citou que lamenta o ocorrido e monitora de perto a situação para minimização dos prejuízos à comunidade universitária.
Nesta tarde, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR) informou que o município havia entrado em estágio de atenção após registros de fortes chuvas. Parte do muro do Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, chegou a desabar.
Em vídeos compartilhados nas redes sociais, é possível ver que jazigos ficaram destruídos e algumas ossadas espalhadas pela calçada. Quem passa pela Estrada do Cacuia, relata que há bastante lama na pista. 
Secretaria de Saúde detalha tempo de isolamento contra a covid-19
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) detalhou, na tarde desta terça-feira (11), como deve ser cumprido o isolamento social de uma pessoa que está infectada pelo vírus da covid-19. De acordo com a SES, se um indivíduo estiver sem sintomas e não estiver tomando remédio para febre durante 24h, o período em que ele deve ficar afastado de outras pessoas é de sete dias.
O tempo de contagem começa a partir do primeiro dia de sintoma, ou a partir do dia em que foi feito o teste contra o coronavírus.
Ainda segundo o órgão, as pessoas que apresentarem sintomas respiratórios ou febre e que estiverem testando positivo com sete dias de isolamento, devem permanecer isoladas até o 10º dia. Se depois de sete dias o indivíduo não estiver mais com sintomas por pelo menos 24h, a SES recomenda que ele permaneça isolado até o 10º dia, mas sem precisar fazer um novo teste.
Caso a pessoa esteja com sintomas depois de 10 dias de isolamento, ela terá que permanecer isolada. Ela só poderá voltar ao convívio com a sociedade se estiver sem sintomas, sem febre e sem estar fazendo uso de medicamentos.