Empresários já apresentaram 500 propostas em quatro etapas do Mapa

Segundo Irineu Frare, coordenador da FGV Projetos, a maior preocupação dos comerciantes é com a educação profissional

Por gabriela.mattos

Rio - A participação dos empresários no Mapa Estratégico do Comércio está surpreendendo os pesquisadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ao todo, comerciantes de Angra dos Reis, Miguel Pereira, Três Rios e Volta Redonda, sede das primeiras etapas do evento, apresentaram cerca de 500 propostas para estimular o crescimento do comércio local.

Empresários já apresentaram 500 propostas em quatro etapas do MapaDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

“A adesão é surpreendente. As pessoas entendem da demanda do setor e sabem expressar isso em propostas. A viabilidade dessas sugestões varia. Há propostas pontuais e outras mais complexas, que demandam uma análise mais profunda”, pondera Irineu Frare, coordenador da FGV Projetos, entidade responsável pelo levantamento das propostas e por pesquisas sobre os comerciantes que participam do Mapa.

Segundo Irineu, a maior preocupação dos comerciantes é com a educação profissional, apontada como o fator mais importante em três das quatro cidades visitadas pelo evento. “Há um sentimento de que a saída para melhorar passa invariavelmente pela qualificação”, analisa Irineu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia