Mais Lidas

Trem descarrila na Praça da Bandeira e embarques na Central estão suspensos

Supervia informou às 18h15 que as partidas de todos os ramais haviam sido restabelecidas, no entanto, trens operavam com intervalos irregulares

Por luana.benedito

Rio - O descarrilamento de um trem na Praça da Bandeira, na Zona Central do Rio, suspendeu temporariamente os embarques na estação Central do Brasil.  O acidente aconteceu,  por volta das 17h30, na tarde desta quinta-feira. A Supervia informou às 18h15 que as partidas de todos os ramais haviam sido restabelecidas, no entanto, os trens operavam com intervalos irregulares. 

Descarrilamento de trem na Praça da BandeiraReprodução Internet

Muitos usuários da concessionária usaram as redes sociais para relatar o ocorrido. "Eu estava no trem, foi um verdadeiro caos e os funcionários demoraram para nos auxiliar", escreveu uma internauta. " Central lotada, trens não dão partida e eles só nos informaram depois que passamos a roleta", comentou outro. "A gente entra, ninguém avisa que o trem não está saindo e depois eles não deixam a gente sair", indignou- se outra.

Passageiros na Central do BrasilReprodução Internet

Em nota, a Supervia lamentou os transtornos causados aos seus passageiros em decorrência do incidente registrado nesta quinta-feira com um trem do ramal Santa Cruz, no pontilhão sobre a Avenida Francisco Bicalho, que afetou o intervalo de todos os ramais na volta para casa.

Segundo a concessionária, as equipes de manutenção estão trabalhando  para concluir os reparos necessários e assegurar o direito de ir e vir da população nesta sexta-feira. Durante todo o período da ocorrência, os passageiros foram informados sobre a circulação por meio do sistema de áudio dos trens e das estações.

Descarrilamento de trem na Praça da BandeiraReprodução Internet

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou que abriu um boletim de ocorrência para apurar as circunstâncias do incidente.

Segundo a agência, técnicos foram para o local para iniciar o trabalho de verificação as causas da ocorrência. A Agetransp também vai avaliar a qualidade do atendimento prestado aos usuários e os procedimentos adotados pela concessionária Supervia para o restabelecimento da normalidade na operação ferroviária. A concessionária poderá ainda ser multada.

Descarrilamento de trem na Praça da BandeiraReprodução Internet


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia