Decreto 5.336/2020 permite reabertura de hotéis e pousadas para turistas em Teresópolis

Publicação ainda prorroga as medidas de enfrentamento da Covid-19 por mais 14 dias

Por Paula Valviesse

Turismo em Teresópolis volta as atividades com reabertura de hotéis e pousadas
Turismo em Teresópolis volta as atividades com reabertura de hotéis e pousadas -
Com o fim do prazo determinado pelo decreto que consolida as medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19 e a abertura gradual da economia no município, nesta terça-feira (14/07), a Prefeitura de Teresópolis publicou a nova deliberação, que prorroga essas medidas até o dia 28 deste mês. Além disso, a publicação ainda permite a reabertura de hotéis e pousadas do município a partir desta quarta-feira (15/07) para turistas.

Assim, permanecem vigentes as medidas de isolamento e distanciamentos social, rodízio por dígito final de CPF para movimentação de pessoas, uso obrigatório de máscaras e ainda a suspensão de atividades como realização de eventos e funcionamento de cinemas e teatros, entre outras.

O funcionamento de hotéis e pousadas foi permitido a partir de 8 de junho somente para moradores, proprietários de imóveis na cidade, trabalhadores e fornecedores. Agora, em uma nova fase da flexibilização, o município inicia a retomada das atividades turísticas, com a reabertura das hospedagens, com 50% da capacidade.

De acordo com o decreto, medidas como a autodeclaração dos hóspedes pelo aplicativo Minha Saúde e o uso de máscara de proteção são obrigatórias. No entanto, ainda está vedada a hospedagem por aplicativo.

A higienização dos ambientes também precisa ser mais rígida, com uma equipe de limpeza somente para desinfecção, separação de toalhas e roupas de camas em embalagens plásticas, uso de capa impermeável nas camas, disponibilização de álcool em gel em todas as áreas de circulação, aferição de temperatura no check in e no check out, entre outras.

A prorrogação do decreto vale ainda para o funcionamento de academias e clubes, que foram permitidas de retornar as atividades desde o dia 8 deste mês.

No município já foram autorizados até o momento o retorno das atividades dos setores de comércio, serviço e indústrias, a prática de atividades presenciais em instituições religiosas, de atividades esportivas ao ar livre, e da volta, de maneira parcial de estabelecimentos como bares, restaurantes e shoppings.

Ainda está proibida a permanência nas ruas e praças, assim como o acesso a áreas de cachoeiras, rios e piscinas públicas. Um toque de recolher também está em vigor no município, entre meia noite e 5h, período no qual só estão permitidas sair às ruas pessoas que necessitem de atendimento médico ou que estejam em trânsito para o trabalho.

Além disso, a volta às aulas na rede municipal de ensino estão suspensas até o mês de agosto.

Comentários