Secretaria de Educação de Teresópolis
Secretaria de Educação de TeresópolisDivulgação
Por Paula Valviesse
Em Teresópolis as aulas do Ano Letivo 2021 tiveram início no dia 8 de fevereiro, ainda de forma remota. Segundo o Plano de Retomada da Educação, estabelecido por meio do Decreto 5.465/2021, publicado no dia 12 de fevereiro, estava prevista a permissão para que as unidades públicas e particulares planejassem estabelecer o ensino híbrido, com conteúdos on-line e presenciais. No entanto, na última atualização das medidas sanitárias e de biossegurança, essa possibilidade foi suspensa até, pelo menos, o dia 21 deste mês.

De acordo com o protocolo de retorno às aulas, as escolas teriam que fazer as adaptações necessárias na estrutura e apresentar um plano individual de retorno para o ensino híbrido. Além disso, ficou determinado que as unidades escolares, tanto públicas quanto particulares, seriam submetidas a processos de inspeção sanitária, coordenados pela Secretaria Municipal de Saúde, com objetivo de assegurar que as normas sanitárias e protocolos de biossegurança estão sendo aplicados a fim de evitar o contágio dos alunos e profissionais da Educação pelo coronavírus.

Contudo, o aumento do número de casos no município nos últimos meses fez com que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, adiasse por tempo determinado a abertura das escolas, conforme Decreto 5.476/2021, publicado no dia 8 deste mês.

No entanto, antes da data prevista, deverá ser feita uma nova avaliação da situação da pandemia no município, por parte do Gabinete de Crise e todas as secretarias que fazem parte dele, inclusive Saúde e Educação, para estabelecer se será possível permitir o ensino híbrido.

Você pode gostar
Comentários