Niterói conquista o primeiro lugar em qualidade de vida para idosos no Estado

De acordo com levantamento, com 498 municípios brasileiros, Niterói está na quarta posição entre as cidades com mais de 100 mil habitantes

Por O Dia

Rio - Boa notícia para a terceira idade. Niterói é hoje a cidade que apresenta melhor qualidade de vida para a população acima de 60 anos em todo o Estado do Rio. É o que garante estudo feito pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e a Fundação Getúlio Vargas. De acordo com o levantamento, com 498 municípios brasileiros, Niterói está na quarta posição entre as cidades com mais de 100 mil habitantes no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade.

De acordo com o estudo, Niterói só fica atrás de Santos (SP), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), à frente de São José do Rio Preto (SP), Ribeirão Preto (SP), Jundiaí (SP), Americana (SP), Vitória (ES) e Campinas (SP). Ainda segundo o levantamento, o município também obteve o sexto lugar no ranking nacional de qualidade de vida para pessoas acima de 75 anos, atrás de Santos, Florianópolis, São José do Rio Preto, Jundiaí e Americana.

Município se destaca pelo número de médicos por habitante%2C o maior entre as 150 maiores cidades do paísDivulgação

Na comparação com as vizinhas, Niterói também ocupa lugar de destaque. Entre pessoas de 60 e 75 anos, obteve nota 85.17, enquanto o Rio anotou 65.80, São Gonçalo 36.95 e Itaboraí 25.39. Entre os idosos com mais de 75 anos, a cidade teve 81.55 pontos e o Rio 66.69 — São Gonçalo 28.72 e Itaboraí 20.45.

Pelo levantamento, Niterói se destaca pelo número de médicos por habitante, o maior entre as 150 maiores cidades do Brasil. O município ocupa o quarto lugar em número de leitos, além de ter vários projetos destinados à terceira idade. Um deles é o Bem Vividos, com aulas de dança, ginástica, oficina para melhorar a memória e visitas à museus e cinemas.

Outro destaque são as academias da Terceira Idade em praças e parques, além do Telecentro Helena Tibau. Localizado no bairro de Santa Rosa, oferece aulas de informática e mais 32 atividades, como ioga, reiki, cursos de idiomas e arteterapia, entre outras.

“Oferecer melhor qualidade de vida a nossos idosos é uma prioridade. As pessoas estão vivendo mais e é preciso viver com qualidade, daí a importância do poder público. A Prefeitura de Niterói tem vários projetos voltados para a terceira idade, como as atividades das policlínicas regionais e os projetos Gugu e Praia Sem Barreiras. Já avançamos muito, mas ainda temos muito trabalho pela frente”, avalia o secretário municipal do Idoso, Andrigo de Carvalho.

Convênio para novas obras

A Prefeitura de Niterói fechou convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) e irá receber R$ 18,5 milhões em investimentos. Do total de recursos, R$ 15 milhões serão aplicados nas obras de um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida, no Fonseca, com 200 apartamentos. Outros R$ 3, 5 milhões vão ser aplicados nas áreas de turismo, cultura e esporte.

Estão previstas melhorias na infraestrutura da Concha Acústica, com a reforma da quadra de basquete e nova iluminação, além da construção de uma pista de mountain bike no Parque da Cidade. Também será implantada nova sinalização turística para identificar os acessos aos principais atrativos da cidade, como o Campo de São Bento, a Fortaleza de Santa Cruz e o Teatro Municipal, entre outros.

Últimas de Rio De Janeiro