Polícia procura por traficante envolvido em tiroteio em praia de Arraial do Cabo

Willian dos Santos, o Pará, é suspeito de balear cinco banhistas durante confronto com traficantes rivais.

Por O Dia

Pará está sendo procurado por tentativa de homicídio
Pará está sendo procurado por tentativa de homicídio -
O Portal dos Procurados divulgou um cartaz com a foto de um traficante envolvido em um tiroteio, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. Segundo a Polícia Civil, Willian Adriano Sobreira dos Santos, conhecido como Pará, de 37 anos, está foragido da Justiça e é suspeito de balear cinco banhistas durante um confronto com traficantes de uma facção rival na Prainha, no último sábado (26).

Durante a troca de tiros, um comparsa de Pará, identificado pela polícia como Walmir de Souza Goularte Filho, conhecido como Walmirzinho, de 20 anos, também acabou baleado, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Arraial do Cabo (HGAC), mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a Prefeitura, os três turistas e dois moradores vítimas de balas perdidas estão bem.

O carro usado pelos bandidos para a fuga foi localizado na manhã de domingo (27), no bairro Praia Grande. Uma arma que teria sido utilizada pelos criminosos na ação também foi apreendida pela polícia, no Morro da Cabocla. A delegada Patrícia Aguiar, titular da 132ª Delegacia Policial, afirmou que a ação teria sido motivada por conta de uma guerra entre facções rivais.

“Assim que chegou ao nosso conhecimento o ocorrido, a equipe do Núcleo de Homicídios da delegacia de Arraial do Cabo foi mobilizada e, em poucas horas, conseguimos identificar um dos criminosos que participaram da ação”, disse a delegada.

Quem tiver informações que possam ajudar na localização do traficante Pará, pode enviar denúncia anônima para a Polícia Civil, através do WhatsApp da delegacia: (22) 9 8113-6585, ou para o Disque Denúncia: (21) 2273-1177.

Comentários