O projeto de lei de autoria do vereador Anderson de Matos (Republicanos) vai seguir os protocolos e medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias.
O projeto de lei de autoria do vereador Anderson de Matos (Republicanos) vai seguir os protocolos e medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias.Foto: Divulgação.
Por Bertha Muniz

CAMPOS - O prefeito Wladimir Garotinho sancionou o projeto de lei 9.032, publicado nesta segunda-feira (15), no Suplemento do Diário Oficial, que classifica as igrejas como atividades essenciais em todo o município de Campos durante a pandemia.

"Esse projeto de lei é um marco importante para o município. Estamos passando por uma situação muito difícil no Brasil e em Campos não é diferente, cerca de 70% dos leitos estão ocupados. Precisamos diminuir o fluxo e por isso é importante os templos sigam as medidas de restrição. O papel da igreja é de suma importância para orientar, pregar evangelho e confortar nossa alma", disse o prefeito.

Wladimir reforçou que os templos deverão seguir medidas sanitárias como ocupação limitada dos assentos, distanciamento social, aferição da temperatura na entrada e uso obrigatório de máscaras e álcool em gel.