ATILA26JUNARTE O DIA

Por Átila Nunes
Como saber se estamos diante de alguém com quem já vivemos momentos marcantes em vidas passadas? O problema é que isso não acontece com tanta frequência como um espírito romântico gostaria. Para os que creem na reencarnação e, portanto, em vidas passadas, eis os sete mais relevantes indícios que lhe dizem se uma pessoa já foi importante em outra vida.
Primeiro, vamos deixar claro que reencontrar uma pessoa com quem já vivemos experiências marcantes é algo que se sente de forma profunda. Por exemplo, quando nos apaixonamos por alguém, mergulhamos de tal forma no fascínio por essa pessoa que podemos querer ver sinais que vão mais além daquilo que realmente existe. A dica é, diante dessa tendência, manter um espírito crítico, sem se deixar levar por fantasias. Seguem, a seguir, os sete sinais que lhe dizem se a pessoa que você encontrou é alguém que já conheceu antes.
Publicidade
O sinal mais comum é o da chamada “química imediata”. Sabe aquilo que acontece quando dois imãs se aproximam? Aquela sensação de que alguma coisa os "puxava" um para o outro no primeiro instante em que se viram? Se isso foi sentido de forma recíproca por ambos, então não restam dúvidas. A consequência grave é abrirmos mão de nossos mecanismos de defesa, isto é, tudo aquilo que sentimos por outra pessoa, praticamente deixa de existir. E isso pode ser um gravíssimo erro.
O segundo sinal é a experiência de estar com alguém que lhe traz a sensação de já ter sonhado com ela antes. Quando isso sucede nos primeiros encontros, a sensação é de que estava guardada dentro de nossa alma toda a informação referente a alguém que surgiu de repente, com uma certeza de memória de uma vida passada. É a impressão de que sua alma se encontrou com a alma dessa pessoa, em corpos diferentes daqueles que têm hoje.
Publicidade
O terceiro sinal é muito comum: é a forte impressão de alguém já teve uma vida em comum com você, dada a natural facilidade em compreender aquilo que ela quer ou pensa, lendo a sua mente sem qualquer esforço, seja qual for a relação que ambos têm. Intuitivamente, sabe aquilo de que ela gosta e não gosta, porque na verdade já testou essa pessoa em vidas anteriores e sabe de que forma reage a estímulos semelhantes.
O quarto sinal é quando se reencontra uma pessoa de uma vida passada em circunstâncias, digamos, anormais. Encontram-se por uma estranha coincidência ou numa situação inusitada, mas ao mesmo tempo existe a sensação de que tudo acontece "como devia ser". Esta pessoa surge na sua vida com o propósito de lhe lembrar coisas que já esqueceu. Preste muita atenção ao contexto em que esta pessoa surgiu na sua vida, pois a situação em que a encontrou pela primeira vez dá-lhe pistas importantes sobre a razão pela qual está de novo na sua vida.
Publicidade
O quinto sinal é composto pelas sensações avassaladoras. Por ter vivido diversas experiências marcantes com essa pessoa, estando perto dela, você sente uma onda de emoções que não só não consegue controlar, como parecem ser absolutamente avassaladoras, tomando conta de você por completo. Podem estar a quilômetros de distância, mas você sente uma conexão profunda, íntima e muito intensa.
O sexto sinal é quando sucedem coisas estranhas quando estão juntos. Preste especial atenção aos fenômenos naturais que acontecem quando estão juntos. Podem ser coisas que você julga como bobagens: começa sempre a chover quando estão juntos, aparece sempre um certo pássaro quando se encontram, é comum surgir um imprevisto, perdem sempre alguma coisa, aparecem sempre borboletas ou determinadas flores e por aí vai. Todos esses sinais são marcas de sincronicidade e são mensagens que o Universo lhe envia para lhe dizer que as suas almas fazem sentido juntas.
Publicidade
O sétimo sinal é a sensação de que o tempo voa. É bem verdade que, quando estamos apaixonados, perdemos a noção do tempo. Com determinada pessoa, contudo, essa sensação ganha uma dimensão que é ainda mais forte, sentindo que o tempo voa sem que nos apercebamos.
Finalmente, se o seu encontro com alguém reúne uma boa parte dessas situações descritas, é bastante provável que já tenham estado intimamente ligados numa vida passada. Tenha atenção, entretanto, que nem todas as pessoas com quem vivemos em reencarnações anteriores aparecem na nossa vida para permanecer nela. E lembre-se que a maior parte dos relacionamentos cármicos não são fáceis: muitos reencontros visam resolver algo que ficou pendente numa vida anterior.
Publicidade
É claro que você pode estar, no momento, com outro relacionamento afetivo. Por isso, o mais importante é ter em mente que essas pessoas surgem em nossas vidas com o propósito de nos ajudarem a evoluir e a superar lições importantes. Esta é a razão porque nem sempre vale a pena desviar-se de seu caminho com quem você se relaciona. Siga a sua vida encarando cada situação de coração aberto.


Além da dúvida
Basta enviar sua pergunta para o Whatsapp (21)98555-3782 ou um e-mail para [email protected]